Quinta-feira, 21 de Novembro de 2019
SUSTO

Grupo com pedaços de ‘paus’ aterroriza passageiros no Terminal 5, na Zona Leste

Confusão teria ocorrido após homem realizar assalto portando um terçado; população indignada correu atrás dele com pedaços de madeira para agredi-lo



t5.JPG Foto: Evandro Seixas
11/06/2017 às 20:58

O Terminal 5, localizado no São José, na Zona Leste, virou local de combate no início da noite deste domingo (11). Empunhados com pedaços de madeira, um grupo aterrorizou passageiros que estavam no local aguardando os transportes coletivos.

Foi o caso do auxiliar de impressor, Deivid Monteiro, 37. Quando estava descendo da linha 600 (que vem do Terminal 4), ele e a esposa foram surpreendidos com uma enorme correria no local. “Nós descemos e todo mundo já estava correndo. Um grupo vinha atrás com paus, dava impressão de que sairiam batendo em que estivesse na frente. Nós e outras pessoas saímos desesperados atravessando a rua. Ainda bem que não aconteceu nada com ninguém nesta travessia”, afirma.



Monteiro comenta que se meteu na frente de um ônibus lotação para fugir dali com a esposa, que chegou a desmaiar no automóvel. “Foi um grande susto que tomamos”, ressalta.

Raison Santos da Costa, de 15 anos, trabalha junto à família em uma das bancas do Terminal. Ele diz que estava no local quando a confusão começou. “Na verdade tinha um cara com um terçado. Parece que ele tinha acabado de cometer um assalto, e o pessoal veio atrás dele. Só que assustou todo mundo. Foi uma confusão enorme”, aponta. De acordo com ele, logo após o ocorrido, uma viatura da Rocam deu a volta no local para verificar a situação.

Responsáveis da 9ª Companhia Interativa Comunitária (Cicom) - que atua na região - informaram que não foram acionados sobre nenhuma ocorrência no local.

Rotina

Fiscal do Terminal, Francisco Carneiro, 56 anos, diz que não acompanhou o caso na hora, mas soube que um grupo de pessoas saiu correndo atrás de um ladrão. De acordo com ele, têm sido comum ocorrências de assalto no local. “Eles pulam o muro e atacam a administração. Só no final de maio foram dois assaltos. Tem gente que me cobra reforço, mas eu já aviso que não tenho peito blindado. Sou apenas fiscal, estou aqui para auxiliar as pessoas”, assevera.


Mais de Acritica.com

Sobre Portal A Crítica

No Portal A Crítica, você encontra as últimas notícias do Amazonas, colunistas exclusivos, esportes, entretenimento, interior, economia, política, cultura e mais.