Publicidade
Manaus
Manaus

Grupo de bandidos se passa por funcionários de buffet e assalta apartamento de desembargador

Dupla enganou a empregada do magistrado e invadiu a residência, que fica em um dos prédios mais seguros e luxuosos de Manaus. Do local, os dois homens levaram um Rolex de ouro, avaliado em R$ 70 mil 28/09/2015 às 12:30
Show 1
Prédio fica localizado na na avenida Mário Ypiranga Monteiro
Jornal a crítica Manaus (AM)

Dois bandidos conseguiram invadir ontem (18) uma verdadeira fortaleza da segurança privada: o prédio Saint Germain, localizado na avenida Mário Ypiranga Monteiro. Palco de um dos maiores assaltos da cidade na década de 90 – quando 10 dos 16 apartamentos do edifício foram assaltados –, o Saint Germain tem, desde lá, um dos melhores sistemas de segurança da cidade.

Todo o aparato, no entanto, não foi suficiente para impedir um assalto à residência do desembargador do TRT José Dantas de Goés. Os bandidos, vestidos com uniforme de um buffet de propriedade da esposa do magistrado, aproveitaram que o elevador de serviço estava fora de operação para executar o crime.

Eles se apresentaram na portaria uniformizados e usaram o nome de um funcionário do buffet. Uma empregada da residência, sem poder confirmar a identidade dos mesmos por meio de vídeo (uma vez que o sistema só está disponível pelo acesso de serviço), autorizou a entrada.

Por telefone, o delegado Adriano Félix, titular da Delegacia Especializada em Roubos, Furtos e Defraudações (DERFD), informou que as imagens do circuito interno do condomínio de luxo já estão com a equipe de investigação da especializada, mas ninguém foi identificado até o momento. “Estou em Brasília, mas estou ciente do caso. A equipe comandada por Péricles (Nascimento) já está com as imagens e já foram iniciadas as investigações”, disse.

Levaram Rolex

Conforme a testemunhas, as duas filhas caçulas do desembargador já tinham saído para a escola, mas ele, a esposa e o filho mais velho estavam em casa na hora do assalto. A polícia não confirmou a informação.

Também não há dados precisos sobre o que os bandidos levaram do apartamento. Sabe-se que eles exigiam uma quantia alta em dinheiro, porém só teriam conseguido levar um rolex de ouro avaliado em R$ 70 mil.

Os suspeitos fugiram no carro da família, um CRV, de cor marrom, encontrado logo em seguida, nas proximidades do cemitério São João Batista, bairro Nossa Senhora das Graças, Zona Centro-Sul. Não há informação se alguém ficou ferido durante a ação dos criminosos.

O carro da família assaltada foi levado pelos suspeitos, mas encontrado abandonado nas proximidades de cemitério

O veículo foi encontrado por policiais militares da 22ª Companhia Interativa Comunitária (Cicom), em patrulhamento de rotina. O carro foi levado para o 22º DIP e, posteriormente, encaminhado à DERFD.

Publicidade
Publicidade