Sábado, 25 de Maio de 2019
AMEAÇA

Grupo Marte faz vistoria e descarta bomba no Tribunal de Contas do Amazonas

A solicitação foi feita após uma denúncia da existência de uma bomba nas dependências do TCE. A varredura, realizada por dois homens do Grupo Marte, foi acompanhada pela Diretoria de Assistência Militar do TCE



TCE-AM.JPG
Foto: Reprodução/Internet
23/01/2017 às 15:52

A pedido do presidente do Tribunal de Contas do Estado do Amazonas (TCE-AM), conselheiro Ari Moutinho Júnior, homens do Grupamento de Manejo de Artefatos de Explosivos (Marte) da Polícia Militar realizaram, na manhã desta segunda-feira (23), uma varredura nos prédios que compõem o complexo da Corte de Contas, situado na avenida Ephigênio Salles, na Zona Centro-Sul de Manaus.

Atendida de imediato pelo secretário de Segurança Pública (SPP), Sérgio Fontes, A solicitação foi feita após uma denúncia da existência de uma bomba nas dependências do TCE. “Recebemos a informação da possível bomba e, por segurança, tomamos as medidas cabíveis para resguardar os nossos servidores. Fizemos a vistoria e nada foi encontrado, graças a Deus”, comentou o conselheiro, ao destacar o apoio da SSP.

A solicitação foi feita após uma denúncia da existência de uma bomba nas dependências do TCE. A varredura, realizada por dois homens do Grupo Marte, foi acompanhada pela Diretoria de Assistência Militar do TCE e percorreu os gabinetes dos conselheiros, auditores e dos procuradores do Ministério Público de Contas, além do plenário do TCE-AM, onde são realizadas as sessões plenárias.


Mais de Acritica.com

Sobre Portal A Crítica

No Portal A Crítica, você encontra as últimas notícias do Amazonas, colunistas exclusivos, esportes, entretenimento, interior, economia, política, cultura e mais.