Sábado, 17 de Agosto de 2019
REINCIDÊNCIA

Homem assalta clínica após pedir um copo d’água e acaba preso no Novo Aleixo

Alex da Cruz, de 31 anos, ainda atirou contra uma viatura da polícia. Ele foi preso após tentar fugir e ser perseguido por policiais militares



8bc51883-b7a5-4534-901a-30bd15fe8ffe_4A522EA3-34E6-4B64-9A7A-FA46A2AAFFB4.jpg Foto: Sandro Pereira
16/07/2019 às 21:04

Alex Ramos da Cruz, de 31 anos, foi preso na manhã desta terça-feira (16), por policiais militares da 27ª Companhia Interativa Comunitária (Cicom). Ele é suspeito de tentar assaltar uma clínica de fisioterapia, localizada na rua João Câmara, Novo Aleixo, Zona Norte de Manaus.

Segundo o delegado Jander Mafra, titular do 6º Distrito Integrado de Polícia (DIP), por volta das 10h da manhã, Alex chegou até a clinica e perguntou onde havia salas para alugar e pediu um copo d’água. Uma mulher de 18 anos que atendia na clínica então foi pegar o a água. Quando ela virou de costas, ele anunciou o assalto e pediu que todos que estavam no local entregassem seus pertences e fossem para o banheiro.

Uma mulher de 35 anos, que é irmã da moça de 18 anos, se desesperou e começou a chorar após o suspeito pedir para que ela entregasse um anel de ouro. Nesse momento, a mulher de 18 anos segurou o braço de Alex e ele atirou para o alto. Os dois travaram luta corporal e a arma do suspeito travou. Ele agrediu a mulher com coronhadas na cabeça. A mulher de 18 anos então saiu da clínica e foi pedir socorro na rua. Nesse momento, uma viatura da 27ª Cicom passava pelo local e viu o acontecimento.

A fuga

Alex, vendo a aproximação da polícia, atirou contra a os policiais pelo menos 3 vezes, e depois correu, parou uma moto, colocou a arma na cabeça do condutor e o obrigou a fugir com ele. Os policiais então perseguiram a moto até o conjunto Parque das Garças, que fica também no Bairro Novo Aleixo. Nesse local a viatura bateu na moto e os dois caíram no chão. Alex ainda tentou se esconder em uma residência, mas foi preso pelos policiais militares. Ele usava uma tornozeleira eletrônica e estava com uma arma calibre 22.

O suspeito foi encaminhado para o 6º Dip para procedimentos legais. No local foi informado que havia um mandado de prisão em aberto por um roubo em julho de 2017. Ele teria usado a mesma tática de pedir um copo de água e assaltou uma financeira que fica na Rua Guilherme Moreira no Centro de Manaus. Nesse caso ele tentou fugir se fingindo de faxineiro da loja, mas mesmo assim foi preso pela polícia. Agora que foi capturado, deve ir para a penitenciária.

Receba Novidades

* campo obrigatório
News mark 33e2e16a 10de 400f 92c3 ec9d554e6edf
Repórter de A CRÍTICA

Mais de Acritica.com

Sobre Portal A Crítica

No Portal A Crítica, você encontra as últimas notícias do Amazonas, colunistas exclusivos, esportes, entretenimento, interior, economia, política, cultura e mais.