Publicidade
Manaus
FIM TRÁGICO

Homem atropelado e arremessado de viaduto morre no Hospital João Lúcio

Ele foi atingido quando parou para ajudar carro que estava em pane; com fratura na bacia e membros inferiores, ele não resistiu às cirurgias e faleceu 05/09/2016 às 14:37 - Atualizado em 05/09/2016 às 14:46
Show whatsapp image 2016 09 04 at 13.06.22
Vítima teve fratura na bacia e fratura exposta no tornozelo; ninguém foi preso pelo atropelamento / Foto: Dani Brito
Silane Souza Manaus (AM)

O engenheiro mecânico Heitor Aparecido da Silva, 56, que estava internado na Unidade de Terapia Intensiva (UTI) do Hospital e Pronto-Socorro João Lúcio, faleceu no início da tarde desta segunda-feira (5), de acordo com familiares dele. Ele deu entrada na unidade no domingo (4) após ser atingido por um veículo e ser arremessado do viaduto Gilberto Mestrinho, bairro Coroado, Zona Leste. 

Até a manhã desta segunda, o quadro clínico de Heitor era grave e instável, de acordo com informações da Secretaria Estadual de Saúde (Susam). No domingo, o paciente havia sido avaliado e passado por exames e cirurgia para correção de fratura na bacia e membros inferiores. Ele teve uma fratura exposta no tornozelo ao ser jogado do viaduto.

O cunhado de Heitor, Fabiano Azevedo, informou que ele veio a óbito por volta de 12h desta segunda. Conforme ele, a família ainda não sabe onde será o velório do engenheiro.

Em nota, a assessoria da Secretaria de Estado da Saúde (Susam) informou que o engenheiro sofreu "parada cardiorespiratória e apesar de todos os procedimentos infelizmente foi a óbito às 12h30".

Até o momento, ninguém foi preso pelo atropelamento de Heitor. 

Publicidade
Publicidade