Terça-feira, 10 de Dezembro de 2019
assédio

Homem comete assédio a mulheres em Manaus via Whatsapp; uma delas é PM

Nas mensagens via aplicativo whatsapp, o homem chega a ameaçar as mulheres de morte, mandar fotos das partes íntimas, além de insinuar diversas pornografias



Mensagens-pornograficas-vitimas-servirao-provas_ACRIMA20160322_0019_15.jpg Mensagens pornográficas para as vítimas servirão de provas quando ele for preso (Arquivo/AC)
22/03/2016 às 15:32

Um homem que se identifica como Jonatas dos Santos Pedrosa, tem assediado diversas mulheres na cidade de Manaus, mandando mensagens pelo aplicativo WhatsApp de ameaças e pornografias.

A policial militar A.C.S, lotada em uma Companhia Interativa Comunitária (Cicom), relatou para à equipe de reportagem do MANAUS HOJE que o homem entrou em grupo de revendas de roupas, no dia 16 de março, e lá começou a mandar várias mensagens pornográficas. “Não sei como ele conseguiu entrar no grupo, talvez se passou por mulher e então após as mensagens que ele mandou, nós recriminamos aquilo e retiramos ele do grupo”, disse a PM, acrescentando que dias depois o ele começou a mandar mensagens no telefone dela.



Ainda segundo a policial, as meninas que receberam as mensagens foram aconselhadas a comparecer no 6° Distrito Integrado de Polícia (DIP) para registrar o fato.

A PM relatou também que está em busca de mais informações que possam levar até esse homem.

Nas mensagens, o homem chega a ameaçar as mulheres de morte, mandar fotos das partes íntimas, além de insinuar diversas pornografias.

Um especialista em segurança da informação, explicou para a equipe de reportagem, que o homem entrou nesse grupo pegou os contatos e então criou uma lista de transmissão pelo aplicativo WhatsApp.

“Esse recurso possibilita que ele crie essa lista e mande a mesma mensagem para diversas pessoas de uma vez só. Ou esse número que ele está mandando mensagens é de um celular roubado, ou de algum parente”, explicou.

O delegado titular do 1° Distrito Integrado de Polícia (DIP), Rodrigo de Sá Barbosa, contou para a equipe de reportagem que caso esse homem seja localizado, ele poderá responder inicialmente por dois crimes.

“Pelas mensagens que ele enviou para as vítimas configurasse ameaças e injúrias. O problema maior também é importunação às pessoas que recebem esse tipo de mensagem”, relatou o delegado titular.

O delegado relatou também que todas as vítimas devem prestar queixa e que tudo será apurado e analisado. Até a noite de ontem, o homem continuava mandando diversas mensagens para as vítimas, inclusive para a PM, que promete encontrá-lo e prendê-lo em breve.

Pista certa na Cidade Nova

Um especialista em segurança da informação, que teve o nome preservado pela equipe, contou para o MH que foi verificado em uma base de dados de segurança de telefonia que o número no qual o homem tem mandado as mensagens está registrado no nome de uma mulher de 44 anos, que mora no bairro Cidade Nova, na Zona Norte da cidade.


Mais de Acritica.com

Sobre Portal A Crítica

No Portal A Crítica, você encontra as últimas notícias do Amazonas, colunistas exclusivos, esportes, entretenimento, interior, economia, política, cultura e mais.