Publicidade
Manaus
Manaus

Homem confessa para polícia que esquartejou colega após bebedeira

'Socó ', foi preso por policiais militares na residência dele localizada na rua dos Ciprestes, loteamento Águas Claras, bairro Novo Aleixo, Zona Norte de Manaus 12/11/2015 às 15:28
Show 1
Na manhã desta sexta-feira (13), ele será encaminhado para a Cadeia Pública Raimundo Vidal Pessoa, localizado no Centro da Capital
kamyla gomes ---

Foi apresentado na tarde desta quinta-feira (12), o mestre de obras Mario Antonio Guerreiro, de 34 anos, conhecido como 'Socó'. O homem esquartejou Pablo de Souza Garcez, de 35 anos, o 'Paulinho'. O fato ocorreu horas depois após os dois passarem a madrugada consumindo bebida alcoólica e entorpecentes.

Durante coletiva de imprensa, realizada na Delegacia Especializada em Homicídios e Sequestros (Dehs), o suspeito afirmou que cortou a vítima porque a mesma era muito pesada.

"Ele me perseguia e ficava 24 horas por dia atrás de mim. Antes eu fazer algo com ele, do que ele comigo. Eu dei um soco nele, ele apagou e então eu 'torei' o Pablo", contou sem demonstrar nenhum arrependimento.

Ainda conforme o mestre de obras, ele utilizou uma faca média para praticar o delito. E não teve a ajuda de ninguém.

"Ele me perseguia porque eu tinha envolvimento com uma mulher casada, e então eu suspeitei que o marido dela contratou o Pablo pra tentar me matar", finalizou.

'Socó ', foi preso por policiais militares na residência dele localizada na rua dos Ciprestes, loteamento Águas Claras, bairro Novo Aleixo, Zona Norte de Manaus. Na manhã desta sexta-feira (13), ele será encaminhado para a Cadeia Pública Raimundo Vidal Pessoa, localizado no Centro da Capital.


Publicidade
Publicidade