Publicidade
Manaus
Manaus

Homem confessa que estuprou e matou rapaz com golpe de enxada para vingar ‘estupro’ da irmã

“Valdo” alegou que a vítima já teria tentado estuprar a irmã dele, de 17 anos, na escola. Para se vingar, ele estuprou e matou rapaz com enxadadas na cabeça 31/07/2015 às 12:13
Show 1
Lucas Monteiro Ozório, o “Valdo”, e o comparsa dele, Rodrigo da Cruz Reis, o “Pimpolho”,
Fábio Oliveira Manaus

Lucas Monteiro Ozório, 19, o “Valdo”, e Rodrigo da Cruz Reis, 18, o “Pimpolho”, foram presos pela Polícia Civil do Amazonas como suspeitos de terem assassinado, no dia 6 deste mês, David Geison Souza dos Santos, 17, no quintal da residência da vítima, na rua Manjericão, bairro João Paulo, Zona Leste de Manaus.

Em depoimento na Delegacia Especializada em Homicídios e Sequestros (DEHS), “Valdo” confessou o crime e alegou que matou o adolescente porque ele havia tentado estuprar sua irmã, de 17 anos, dentro do banheiro da escola de uma escola. O suspeito convidou o comparsa “Pimpolho” para praticar o crime e ofereceu 5 gramas de cocaína como pagamento.

“Valdo” relatou ainda à polícia que desferiu os golpes de enxada na cabeça da vítima, enquanto “Pimpolho” a estrangulava. O suspeito disse também que furou os dois olhos do jovem com um ciscador e, em seguida, junto com o comparsa, estupraram David, que ainda estava vivo. “Pimpolho” disse, inclusive, que sentiu vontade de arrancar o coração da vítima porque sentia raiva da “cara” dele.

“Valdo” foi preso na tarde de quarta-feira (29) no 30º Distrito Integrado de Polícia (DIP). Ele foi chamado para prestar esclarecimentos sobre uma agressão que praticou contra o pai e lá recebeu voz de prisão pela DEHS. “Pimpolho” foi capturado em Manaquiri, no interior do Estado. Eles serão encaminhados para a cadeia pública.


Vítima foi achada despida ao lado de dois preservativos

Publicidade
Publicidade