Publicidade
Manaus
VINGANÇA

Homem conhecido como ‘Buiú’ foi mandante da chacina na Compensa, aponta polícia

Segundo a polícia, pistoleiros da FDN receberam a ordem para executar 'Buiú', mas os criminosos acabaram matando a pessoa errada. O homem descobriu que queriam matá-lo e se vingou 16/12/2017 às 11:40 - Atualizado em 16/12/2017 às 16:03
Show chacina 333
(Foto: Divulgação)
acritica.com Manaus (AM)

Andrei de Souza Guabiraba, o “Buiú”. Esse foi o mandante da chacina ocorrida na noite da última terça-feira no Centro Social Urbano (CSU), na Compensa 2, na Zona Oeste. De acordo com investigações da força-tarefa criada pela Polícia Civil para investigar o crime, Buiú quis se vingar de pistoleiros que tentaram executá-lo e acabaram o confundindo com o ex-presidiário George Alberto Barreto, 30, o “Buiú”, morto com quatro tiros próximo ao residencial Mestre Chico, bairro Cachoeirinha, na Zona Centro-Sul.

Andrei é do grupo criminoso “Comando da 14”, da Praça 14. De acordo com as investigações, pistoleiros da facção criminosa Família do Norte (FDN) receberam ordem para executar Andrei pelo motivo deste estar crescendo no tráfico e dominando na Zona Sul.

Porém, os pistoleiros procuravam para matar uma pessoa com o apelido de Buiú e encontraram pela frente George Alberto, que é morador da área da Praça 14, era ex-presidiário e vendia droga.

Após saber que ia ser morto, Andrei juntou os seus pistoleiros e foi atrás dos que mandaram matá-lo, no CSU. Os alvos eram os pistoleiros e gerentes do tráfico que trabalham para Luciano Fernandes, filho de “Zé Roberto da Compensa”, líder maior da FDN.

Publicidade
Publicidade