Publicidade
Manaus
Manaus

Homem é assassinado a tiros na Zona Norte de Manaus e viúva acusa policial militar

A esposa de Aiub Nazaré Vina Mestrinho disse que tinha saído para comprar comida, com Aiub logo atrás, quando ouviu os tiros e encontrou o marido caído. Segundo ela, testemunhas viram quando o PM atirou, e uma carteira militar foi deixada no local 27/09/2015 às 12:31
Show 1
Valmira Souza - esposa de Aiub Nazaré Mestrinho, morto com cinco tiros no bairro nossa senhora de Fátima -, inconsolável no velório
Fábio Oliveira Manaus (AM)

Aiub Nazaré Vina Mestrinho, de 36 anos, foi assassinado com cinco tiros na rua das Oliveiras, no Nossa Senhora de Fátima, Zona Norte de Manaus, na noite deste sábado (26). A esposa da vítima, Valmira Souza, 48, acusa o soldado da Polícia Militar Obede da Silva Amazonas de ter cometido o crime.

Segundo Valmira, o policial simulou que estava sendo assaltado e, após atirar contra Aiub, deu um tiro no próprio braço e fugiu. Na fuga ele deixou cair o documento de identidade militar. Não há a informação se ele foi preso.

Ainda de acordo com a esposa, o companheiro estava indo atrás dela, no momento em que saiu para comprar um lanche para eles. "Ele pediu para comprar um kikão e em seguda saiu atrás de mim. Logo depois ouvi os tiros e quando vi ele estava caído. Havia muita gente no local e muitos viram que esse policial o matou", informou.

Ela não soube informar o motivo da morte. Caso será investigado pela Delegacia Especializada em Homicídios e Sequestros (DEHS).

Publicidade
Publicidade