Publicidade
Manaus
Manaus

Homem é assassinado com tiro na testa na Compensa 2

Segundo o irmão da vítima, o PM Gercivaldo de Souza, quatro homens em um veículo modelo Classic são suspeitos de cometer o crime 15/01/2015 às 15:36
Show 1
A vítima conversava com dois amigos quando os suspeitos chegaram e atiraram
Fábio Oliveira Manaus (AM)

O mototaxista Genildo de Souza Rodrigues, conhecido como "Pepinho", 35, foi assassinado, na madrugada desta quinta-feira (15), com um tiro de pistola calibre 9mm na testa, em frente a sua casa, localizada na rua São Marçal, bairro Compensa 2, Zona Oeste de Manaus. Outras duas pessoas ficaram feridas.

De acordo com o irmão, o cabo da Polícia Militar, Gercivaldo de Souza, quatro homens em um veículo modelo Classic, de cor branca e placa não identificada, são suspeitos de cometer o crime.

Ele explicou que o irmão tinha voltado de uma festa na Praça 14, Zona Centro-Sul, e quando sentou para conversar com dois amigos, os suspeitos chegaram e atiraram.

De acordo com ele, "Pepinho" foi o primeiro a ser atingido, depois o amigo "Arleíson" que foi alvejado com três disparos na barriga e, por último, um homem conhecido como "Wellington" que foi baleado por dois tiros.


Todoa foram levados ao Serviço de Pronto Atendimento (SPA) Joventina Dias, localizado no mesmo bairro, mas apenas "Arleíson" e "Wellington" sobreviveram. Já "Pepinho" morreu ao dae entrada na unidade de saúde. A família acredita que ele estava no local e hora errada.

Mesmo carro

Ainda segundo o irmão de "Pepinho", os mesmos ocupantes do veículo executaram Elinelson dos Santos Lopes, 26. Ele foi assassinado minutos depois de "Pepinho".

"Os moradores falaram que foi o mesmo carro que matou o outro lá debaixo, mas não sei se meu irmão o conhecia" explicou. A Polícia Civil apura se os crimes têm ligação.

Publicidade
Publicidade