Publicidade
Manaus
Manaus

Homem é atropelado por picape na avenida Senador Álvaro Maia

Geraldo Lúcio está em estado crítico. O advogado que dirigia o veículo foi liberado após a perícia no local e no carro 13/06/2015 às 20:16
Show 1
Geraldo Lúcio foi socorrido por médicos do Samu e levado para o pronto socorro Dr. João Lúcio na Zona Leste. De acordo com familiares, o estado de saúde dele é crítico
Joana Queiroz Manaus (AM)

Geraldo Lúcio Araújo Peres, de  49 anos, foi atropelado na manhã deste sábado (13) por uma picape Montana de cor prata de placa JXL-3536, que segundo registro feito no 1º Distrito Integrado de Polícia (DIP), estava sendo dirigida pelo advogado José Neto Souza Pontes. Segundo testemunhas, a advogado foi liberado por um agente de trânsito identificado como “Adriano Jorge”.

Geraldo Lúcio foi socorrido por médicos do Samu e levado para o pronto socorro Dr. João Lúcio na Zona Leste. De acordo com familiares, o estado de saúde dele é crítico. Ainda na ambulância a vítima teve uma parada cardíaca. No 1º DIP, colegas de trabalho estavam revoltados com a liberação do causador do atropelamento.

De acordo com os colegas, Geraldo Lúcio estava indo trabalhar. Ele é gerente operacional da empresa Clima Frio e presta serviço de refrigeração para o hospital Santa Júlia. No momento que atravessava a avenida Senador Álvaro Maia, na faixa de pedestre aconteceu o atropelamento. “Ele foi jogado a uns 15 metros de distancia  e teve dois cortes profundos na cabeça”, contou uma das testemunhas.

As testemunhas contaram que o autor chegou a parar pra prestar socorro, mas com a chegada do agente de trânsito, que demonstrou ser seu conhecido, o liberou ao invés de conduzi-lo à delegacia. A perícia foi chamada ao local, mesmo contra a vontade do agente que teria dito que não havia perícia naquele momento.

De acordo com informações da assessoria de imprensa da Manaustrans o agente agiu dentro da legalidade, já que o autor do atropelamento só foi liberado depois da realização da perícia no local e no veículo envolvido. O contato com o advogado foi tentado, porém sem sucesso.

Publicidade
Publicidade