Publicidade
Manaus
Manaus

Homem é morto a facadas durante sua festa de aniversário na Zona Norte

O último convidado a ficar no local está desaparecido e a polícia investiga se ele tem participação no crime ou se foi levado pelos assassinos 13/09/2013 às 08:09
Show 1
O aniversariante foi morto com cinco facadas, quatro nas costas e tórax e um no pescoço
Bruna Souza Manaus (AM)

Ariel Bastos de Souza, 19, foi encontrado morto com cinco facadas no início da manhã desta sexta-feira (13), por volta das 5h, no quarto da casa onde morava situada na rua dos Colhedeiras, bairro Cidade de Deus, na comunidade Fazendinha, Zona Norte de Manaus. A vítima comemorava o seu aniversário com amigos e teria consumido bebida alcoólica e drogas durante a festa. O último convidado a ficar do local está desaparecido e a Delegacia Especializada em Homicídios e Sequestros (DEHS) investiga se ele tem participação no crime ou se foi possivelmente levado pelos assassinos

De acordo com o irmão de Ariel, José Augusto Bastos, ao chegar à residência, ele percebeu que a porta estava aberta e havia manchas de sangue pela casa. Ao entrar no quarto, José se deparou com o corpo do irmão no chão. De acordo com a polícia, o aniversariante foi morto com cinco facadas: quatro nas costas e tórax e uma no pescoço. Um dos peritos informou que marcas mostram que o assassino ainda tentou degolar a vítima.

Um dos últimos convidados a sair da festa, identificado apenas como "Rafael", foi ouvido na DEHS. Em depoimento ele afirmou que, ao sair, Ariel ainda ficou na casa com um vizinho chamado "Levi", por volta das 4h. Segundo a equipe de investigação, o homem não voltou para casa e a família não sabe informar o seu paradeiro. A polícia investiga se ‘Levi’ tem participação no crime ou se foi levado pelos assassinos.

Segundo moradores da via, Ariel e Levi se conheciam desde criança e que usavam drogas regularmente. A mãe do homem desaparecido informou que não sabe o paradeiro do filho e o mesmo não tem celular. O corpo da vítima foi levado ao Instituto Médico Legal (IML) e a polícia continuará investigando o crime.

Publicidade
Publicidade