Publicidade
Manaus
Manaus

Homem é morto com sete tiros e paulada na Zona Leste

Segundo testemunhas, Rubens Cabral de Souza era ex-presidiário e suspeito de cometer nove homicídios. Os três homens suspeitos de cometer o crime não foram identificados 18/11/2013 às 14:40
Show 1
Grupo teria descido a rua correndo e efetuado os sete disparos que mataram Rubens
ACRITICA.COM Manaus (AM)

O ex-presidiário Rubens Cabral de Souza foi morto por volta das 4h30 desta segunda-feira (18) na rua Humaitá, bairro Nova Floresta, Zona Leste de Manaus. Segundo testemunhas, Rubens foi alvejado com sete tiros e uma paulada na cabeça por três homens ainda não identificados.

De acordo com populares, o grupo teria descido a rua correndo e pego a vítima de surpresa efetuando os disparos. Ferido no braço e no peito, Rubens ainda foi agredido por um pedaço de madeira, indo a óbito em seguida.

A vítima é suspeita de ter cometido nove homicídios e ter roubado na tarde do último domingo (17) uma pessoa em um campo do bairro Nova Floresta. Na ocasião, Rubens foi encaminhado a 14ª Companhia Interativa Comunitária (Cicom), porém teria se identificado como “Robson” e foi liberado em seguida.

O corpo foi encaminhado ao Instituto Médico Legal (IML) e o crime será investigado pela Delegacia Especializada em Homicídios e Sequestros (Dehs).

Publicidade
Publicidade