Sexta-feira, 22 de Novembro de 2019
Manaus

Homem é preso após tentar realizar prova prática do Detran no lugar de outra pessoa

Edmilson Almeida, 47, tentava tirar a CNH na categoria 'A' pela 5ª vez. Desta vez, Felipe Araújo foi pago para ir ao exame no lugar do candidato, mas não soube informar sua data de nascimento e, nervoso, acabou relevando o esquema



1.jpg Felipe Diego, no canto direito da imagem, não quis dar entrevista á reportagem enquanto estava detido no 23° DIP
08/04/2015 às 12:31

Um homem, identificado como Felipe Diego Santos de Araújo, de 23 anos, foi preso na manhã desta quarta-feira (8) após tentar realizar prova para a emissão da Carteira Nacional de Habilitação (CNH), do Departamento Estadual de Trânsito do Amazonas (Detran-AM), no lugar de outro aluno, Edmilson Carlos de Almeida, de 47 anos.

O fraudador foi desmascarado antes mesmo de tentar fazer o exame prático de direção, na categoria 'A' (para motocicleta), que seria realizada na área de teste do Detran, localizada na avenida Mário Ypiranga Monteiro, Zona Sul da capital. Antes de tentar fazer a prova, Felipe foi questionado sobre sua data de nascimento e não soube responder a pergunta.



“No momento da pergunta, ele não soube dizer qual seria sua data de nascimento, ficou nervoso e acabou confessando a fraude”, disse a assessoria de imprensa do Detran, que ainda revelou que o mesmo teria recebido uma quantia em dinheiro para fazer o teste. Ele estava acompanhado de um instrutor da Auto Escola Mota, que não quis se identificar. 

Segundo a assessoria, Edmilson Carlos já foi reprovado no teste outras quatro vezes consecutivas, sendo que esta deveria ser sua quinta tentativa. Na primeira prova, o candidato foi dado como inabilitado e depois não compareceu a outras três oportunidades.

O falsário Felipe Diego foi encaminhado para o 23º Distrito Integrado de Polícia (DIP), onde foi interrogado pelo delegado titular Mariolino Brito. Segundo informações da Polícia Civil, ele responderá pelo crime de falsidade ideológica em liberdade e já foi liberado.

Já Edmilson teve o teste de habilitação cancelado e vai ter que começar o procedimento do início, além de responder a um processo na Justiça. O crime será investigado pela Delegacia Especializada em Roubos, Furtos e Defraudações (DERFD) para as providências policiais pertinentes.


Mais de Acritica.com

Sobre Portal A Crítica

No Portal A Crítica, você encontra as últimas notícias do Amazonas, colunistas exclusivos, esportes, entretenimento, interior, economia, política, cultura e mais.