Terça-feira, 18 de Junho de 2019
Manaus

Homem é preso com arma e vibrador erótico na Zona Sul de Manaus

Armado, suspeito estava ameaçando atirar em outra pessoa dentro do restaurante Felicce, no Studio 5



1.jpg De acordo com informações de policiais, Gilson estava usando meias e cueca cor-de-rosa, mas negou ser dono do vibrador
03/12/2013 às 09:36

Policiais militares da 7ª Companhia Interativa Comunitária (7ª Cicom) prenderam em flagrante Gilson Alves de Almeida Filho, 20, por porte ilegal de arma com a numeração raspada. Além da arma, os policiais encontraram no carro do suspeito um vibrador erótico. A prisão aconteceu por volta das 3h de ontem em via pública, na avenida Buriti, Distrito Industrial, Zona Leste.

Os policiais informaram que foram acionados para atender uma ocorrência no bar e restaurante Felicce, localizado nas dependências do Studio 5 Mall, na avenida Rodrigo Otávio. Segundo os policiais, a informação é que no bar e restaurante havia uma pessoa armada e que estaria apontando a mesma para uma pessoa.

A suposta vítima avisou a direção do estabelecimento que havia chamado a polícia. Quando os militares chegaram ao local, perceberam o suspeito fugindo em alta velocidade em um carro, modelo Celta, de cor vermelha e placas não identificadas, indo em direção à avenida Buriti. Gilson, então, foi perseguido pelos policiais e acabou batendo com o carro em uma calçada.

Os policiais fizeram a abordagem e durante a revista no veículo e eles encontraram um revólver calibre 38 com capacidade para seis munições com a numeração raspada, além do vibrador erótico. O suspeito foi levado para o 3º Distrito Integrado de Polícia no bairro de Petrópolis, Zona Sul, onde foi autuado por porte de arma de fogo com a numeração raspada.

Durante o interrogatório Gilson negou ser o dono da arma e também do vibrador. Segundo ele, o aparelho pertence a um irmão sobre o qual não deu mais detalhes no momento em que estava sendo autuado. Ele ainda negou as acusações e chegou a chamar os policiais de mentirosos. Depois de autuado, Gilson Alves de Almeida Filho foi encaminhado para a cadeia pública Desembargador Raimundo Vidal Pessoa, localizada na avenida 7 de Setembro, Centro.

A polícia não revelou o nome da pessoa para quem Gilson estava apontando a arma e nem o motivo, pois ele negou tudo. O caso está sendo investigado no 3º Distrito Integrado de Polícia.

Ficha

Gilson foi preso em flagrante em setembro do ano passado por participação no assalto a um contêiner carregado com televisores da marca Samsung. Ele foi preso por policiais civis na comunidade São Pedro quando tirava a carga do contêiner e colocava em um caminhão baú. No momento ele disse que tinha sido contratado por R$ 50, para fazer o serviço. Ele foi autuado e preso.


Mais de Acritica.com

Sobre Portal A Crítica

No Portal A Crítica, você encontra as últimas notícias do Amazonas, colunistas exclusivos, esportes, entretenimento, interior, economia, política, cultura e mais.