Publicidade
Manaus
Arsenal

Homem é preso em Manaus com arsenal para ' derrubar avião'

Suspeito é preso com armas e munição; a de calibre .50,usada em fuzil, é de uso exclusivo das Forças Armadas e Polícia Federal 05/06/2013 às 08:30
Show 1
Messias estava com municão .50, que pode derrubar um avião, segundo polícia
Jornal A Crítica ---

Após receber uma denúncia anônima de que uma jovem identificada como Daniela Oliveira, 22, estava sendo ameaçada pelo ex-namorado, Messias Costa Bitencourt, 28, por volta de 1h de terça-feira(04), na rua João do Pulo, na Raiz, Zona Sul, policiais encontraram na casa do suspeito um arsenal de munições, inclusive um projétil de fuzil e alguns papelotes de entorpecentes.

A Polícia Civil desconfia que Messias faça parte da Família do Norte (FDN), visto que havia contatos no celular dele com o traficante Fábio Diego Mattos de Oliveira, 26, o “Piu-Piu”, identificado pela policia como um dos chefões do tráfico de droga sintética. Este foi preso em março, por conta de um mandado, no bairro Vieiralves, Zona Centro-Sul, em um condomínio de luxo onde ele possuía uma cobertura e alugava outro apartamento no andar debaixo apenas para armazenar drogas como cocaína, bala e êxtase.

De acordo com a denúncia da vítima aos policiais da 3ª Companhia Interativa Comunitária (Cicom), Messias foi até à residência dela com uma arma de fogo nas mãos, a ameaçou de morte e fugiu, quando a polícia chegou ao local. Policiais da 2ª,3ª e 7ª Cicom foram acionados, fizeram diligências pela área e encontraram o suspeito na rua Adaberto Vale, na Betânia, Zona Sul, dentro de um Gol, cor preta e placas não identificadas.

Grosso calibre

Com Messias a polícia encontrou 54 munições de calibre 22, oito munições de calibre 38, duas munições de calibre 380 mm, seis munições de calibre 32, uma munições de calibre .50 (usado em fuzil ou metralhadora), 13 trouxinhas de cocaína e uma pedra de cloridrato de cocaína, R$ 837 em espécie, um revólver de calibre 38 e dois celulares. Segundo a polícia, a arma de fogo foi encontrada na frente da casa da vítima.

Publicidade
Publicidade