Publicidade
Manaus
Manaus

Homem é preso em Manaus enquanto andava com uma arma de fogo em via pública

“Bina” seria soldado de um traficante que comanda o tráfico no bairro Jorge Teixeira, Zona Leste. Uma das armas apreendidas foi usada para matar um homem em 2013 15/09/2015 às 16:18
Show 1
Policiais da Seccional Leste prenderam em flagrante o homicida Abinadabe Mendonça de Oliveira o “Bina”
joana queiroz ---

Policiais da Seccional Leste prenderam em flagrante o homicida Abinadabe Mendonça de Oliveira o “Bina”, 23, quando ele andava em via pública com um revólver calibre 32 municiado na mão e com outro calibre 38, também municiado escondido na cintura.  De acordo com a polícia Bina é soldado de um traficante que comanda o tráfico no bairro Jorge Teixeira, na Zona Leste uma das armas apreendida com ele foi a mesma que ele usou para assassinar um homem em 2013.

De acordo com o titulas da Seccional Pablo Giovanni, Bina foi preso por volta das 13h, na rua Pirarara, bairro Jorge Teixeira, 3ª Etapa, Zona Leste, por policiais que faziam diligência na área e se depararam com o criminoso andando em via pública com o revólver nas mãos. Quando ele viu os policiais ele escondeu a arma no bolso.

Bina foi abordado pelos policiais e durante a revista pessoal foi encontrado mais uma arma que estava na cintura dele. Ontem quando era apresentado, o criminoso disse que estava armado porque estava sendo ameaçado de morte. Ele se recusou a dizer quem o ameaçava. “Eu só vou falar em juízo”, disse.

O delegado informou que Bina já responde dois processos na Justiça. O primeiro por tráfico de droga ocorrido em 3013. No momento da prisão ele estava com mais três pessoas e assumiu ser o dono da droga, 30 trouxinhas, e na tentativa de se livrar da prisão, mandou a sua companheira levar até ele R$ 1,4 mil e ofereceu aos policiais  para que o liberasse, mas acabou sendo preso e encaminhado para a cadeia.

Bina é o assassino confessou de Francisco Ribeiro da Silva, 22, o “Careca”, ocorrido também em 2013.  O crime aconteceu na rua Jacaré, no Jorge Teixeira 3ª etapa, na Zona Leste, onde os moradores da área informaram a polícia que a vítima estava bebendo cachaça, mas ficou muito alterado. Bêbado, Careca teria discutido com algumas pessoas e minutos depois foi encontrado morto. 

Durante as investigações a polícia identificou Bina como o autor do crime. Na delegacia ele confessou e disse que agiu em legítima defesa.  O criminoso disse que encontrou com a vítima na rua e este apontou a arma em sua direção e que conseguiu desarmá-lo, dominá-lo e matá-lo.  

Saiba mais

Para o promotor Lauro Tavares que ofereceu denunciou o réu no processo do homicídio, a versão é fantasiosa. O delegado disse que Bina será encaminhado para a cadeia pública pelo crime de porte ilegal de arma, mas ele acredita que o juiz deverá revogar a decisão que colocou Bina em liberdade.

Publicidade
Publicidade