Publicidade
Manaus
Manaus

Homem é preso em Rio Preto da Eva (AM) quase cinco meses após matar a namorada estrangulada

Jhonathas Silva de Oliveira, 21, esganou a namorada e parceira de crime em setembro do ano passado, dizendo que ela estava descontrolada após consumir drogas. Para o titular da Delegacia de Homicídios e Sequestros, o suspeito é um "velho conhecido da polícia" 09/01/2015 às 11:32
Show 1
Jhonathas disse estar arrependido por ter matado Vanessa: "Não tinha intenção, mas vou pagar pelo o que fiz"
Girlene Medeiros Manaus (AM)

Jhonathas Silva de Oliveira, de 21 anos, foi preso suspeito de estrangular e matar a companheira e parceira de crime Vanessa Viana dos Reis, de 27. A prisão aconteceu na tarde desta quinta-feira (8), no ramal Francisca Mendes, no município amazonense de Rio Preto da Eva, em decorrência de investigações da policia realizadas desde quando o crime aconteceu, em 22 de setembro do ano passado. Jhonathas foi apresentado oficialmente nesta sexta-feira (9), na sede da Delegacia Especializada en Homicídios e Sequestros (DEHS)

O preso estava em uma motocicleta quando foi detido pela polícia. Desde o dia do crime, ele fugiu e tentou se esconder em um sitio de familiares localizado em Rio Preto da Eva. Ele disse estar arrependido de ter assassinado Vanessa.

"Não tinha intenção de ceifar a vida dela. Nunca matei. Vou pagar pelo o que fiz", afirmou Jhonathas. Ele contou que matou a mulher porque ela estava descontrolada e sob o efeito de drogas. Os dois costumavam usar entorpecentes e praticar furtos juntos.

Segundo o delegado Paulo Martins, titular da DEHS, Jhonathas é "um velho conhecido da polícia e era acostumado a quebrar o vidro dos carros e praticar roubos". O rapaz será encaminhado à cadeia publica Desembargador Raimundo Vidal Pessoa, na Zona Sul da capital, ainda nesta sexta-feira, onde vai aguardar determinação judicial e responder por homicídio.

Publicidade
Publicidade