Publicidade
Manaus
Manaus

Homem é preso por manter adolescente em cárcere privado durante sete dias em Manaus

Blazevith dos Santos Iovanovith sequestrou o filho de 13 anos de uma mulher por ela lhe dever uma quantia de R$ 5 mil. Ele foi preso na Zona Norte da capital 06/11/2013 às 20:40
Show 1
Durante o cativeiro que durou uma semana, o adolescente de 13 anos foi maltratado por Blazevith
ACRITICA.COM Manaus (AM)

Na tarde desta quarta-feira (6), o comerciante Blazevith dos Santos Iovanovith, 33, foi preso por sequestrar e manter sob cárcere privado durante sete dias um adolescente de 13 anos em Manaus. A prisão do homem ocorreu na rua Sol Nascimento, conjunto Amadeu Botelho, Novo Aleixo, Zona Norte, durante uma ação conjunta de equipes do 6º e 27º Distritos Integrados de Polícia (DIP).

O delegado titular do 27º DIP, Rodrigo Bona, informou que Iovanovith foi denunciado pela mãe do adolescente. “Ela nos informou que está devendo uma quantia de cinco mil reais para este comerciante e, que quando ela viajou para Santarém (PA), recebeu uma ligação informando que o filho tinha sido sequestrado por ele e que o rapaz só seria libertado mediante o pagamento da dívida”, disse.

Bona informou que os policiais foram ao endereço denunciado pela mãe e encontraram Iovanovith com o adolescente dentro de um veículo, uma Hilux de cor prata e placas NOV-7764. “Ele não resistiu à prisão. O adolescente, que passou sete dias com ele, estava visivelmente maltratado”, declarou. O rapaz disse que estava sem tomar banho, se alimentava mal e ainda era obrigado por Blazevith a comprar drogas em bocas de fumo.

Segundo a Polícia Civil, a dívida questionada por Iovanovith é oriunda de um acidente de trânsito envolvendo o outro filho da mulher. Na ocasião, ocorrida há duas semanas, a mãe do adolescente teria se prontificado a pagar o valor de R$ 5 mil para consertar o veículo de Iovanovith, o que não teria ocorrido até então.

Na delegacia, a mulher disse que entrou em contato com Iovanovith para tentar negociar a dívida, mas que ele teria falado que só aceitaria o pagamento à vista. Ela informou ainda que, durante o tempo em que esteve viajando, o suspeito foi até a casa dela e pegou um fogão e outros pertences como parte do pagamento da dívida.

Durante a prisão do homem, ainda foi encontrado dentro do carro Hilux duas porções grandes de substância com característica de cocaína e maconha. Blazevith foi conduzido ao 27º DIP e autuado por sequestro qualificado e tráfico de drogas. Ele será encaminhado à Cadeia Pública Desembargador Raimundo Vidal Pessoa.

Publicidade
Publicidade