Segunda-feira, 20 de Janeiro de 2020
ABUSO

Homem é preso suspeito de estuprar os quatro irmãos mais novos, de 6 a 16 anos

Segundo conselheiros tutelares, ele cometeu o crime quando ainda tinha 17 anos e, por conta disso, foi conduzido para Delegacia de Atos Infracionais para responder como menor



WhatsApp_Image_2018-03-05_at_17.45.06.jpeg
05/03/2018 às 17:50

Um homem de 18 anos foi preso, na manhã desta segunda-feira, por suspeita de abusar da quatro irmãos, sendo um deles uma menina de 6 anos. O restante das vítimas possuem 8, 13, e 16 anos. A informação foi repassada pelos conselheiros tutelares da Zona Oeste de Manaus, Nilson Matos e Rosidalva Aquino.

De acordo com Matos, o suspeito praticou os atos quando possuía 17 anos e, por isso, foi conduzido para a Delegacia Especializada em Apuração de Atos Infracionais para responder como menor. Segundo o conselheiro, os quatro irmãos confirmaram que eram abusados. O último teria ocorrido em outubro de 2017 contra a menina de 6.



Segundo a conselheira Rosidalva Aquino, o jovem de 16 afirmou que foi abusado com penetração, a de 6 e o de 8 e 13 anos com toques nas partes íntimas. “Uma das crianças relatou que o irmão contava a história da cobra que cospe o veneno”, relatou Aquino. O jovem deve ser indiciado por ato infracional de estupro de vulnerável.


Mais de Acritica.com

20 Jan
trans_8C3DB8BB-BCF9-43E8-B068-3BED79D3DBF5.JPG

Mutirão retifica nomes e assegura identidade de travestis e transsexuais

20/01/2020 às 20:27

Como o procedimento feito diretamente no cartório não é tão simples (a lista de documentos exigidos é extensa) e nem sempre é barato (custa em média entre R$350 a R$ 400), a ação visa não somente facilitar a vida das pessoas transexuais que desejam alterar o nome e gênero de registro em sua documentação de nascimento, como também vai acompanhar e custear a certidão de tabelionato de protestos


Sobre Portal A Crítica

No Portal A Crítica, você encontra as últimas notícias do Amazonas, colunistas exclusivos, esportes, entretenimento, interior, economia, política, cultura e mais.