Publicidade
Manaus
Manaus

Homem leva mais de 30 tiros e outro morre em avenida movimentada de Manaus

Populares informaram que os homens fugiram em um carro preto de placas não identificadas 10/05/2013 às 12:13
Show 1
A vítima foi atingida por 30 tiros, sendo que vinte foram no rosto. O homem, ainda não identificado, ficou desfigurado.
acritica.com Manaus, AM

Durante a madrugada desta sexta-feira (10), por volta de 1h, um homem foi morto na rua Sergipe, bairro de Flores, Zona Centro-Sul de Manaus, com mais de 30 tiros no corpo, sendo a maioria no rosto, desfigurando a vítima.

De acordo com a polícia, três homens chegaram com a vítima algemada ao local, que fica próximo a um posto de combustível, e pediram para que a mesma corresse. Depois de correr cerca de 50 metros, os suspeitos começaram a atirar e o homem, atingido pelos tiros, caiu no chão. Os suspeitos foram até ele e descarregaram as armas. O rosto da vítima foi atingido por aproximadamente 20 tiros.

Populares informaram que os homens fugiram em um carro preto de placas não identificadas. Policiais militares da 12ª Companhia Interativa Comunitária (Cicom) foram acionados e fizeram buscas nas proximidades do local onde aconteceu o homicídio, porém, ninguém foi preso.

O corpo foi retirado pelo Instituto Médico Legal (IML) e aguarda o reconhecimento de familiares e parentes. O homem possui entre 20 a 30 anos, 1.70 de altura e apresenta uma tatuagem grande de dragão pelo corpo.

Outro caso

No início da manhã desta sexta-feira (10), populares encontraram um corpo, do sexo masculino, entre a avenida Djalma Batista e a rua Djalma Dutra, localizadas no bairro Nossa Senhora das Graças, Zona Centro-Sul de Manaus. De acordo com a polícia, ainda não se sabe a causa da morte, tendo em vista que nenhum ferimento ou marcas foram encontrados na vítima.

Policiais militares da 22ª Companhia Interativa Comunitária (Cicom) foram acionados e não encontraram nenhuma identificação com o homem. O Serviço de Pronto Atendimento Móvel de Urgência (Samu) chegou a ser acionado, mas a vítima já estava morta.

O (IML) esteve no local para fazer a retirada do corpo e aguarda a identificação e liberação da família.



Publicidade
Publicidade