Terça-feira, 21 de Janeiro de 2020
AFOGAMENTO

Homem morre afogado após mergulho na praia da Ponta Negra, em Manaus

Segundo Corpo de Bombeiros, vítima consumia bebida alcoólica com o primo no local. Caso ocorreu por volta de 13h deste sábado (10)



PN.JPG Foto: Divulgação
10/03/2018 às 14:29

Um banhista identificado como Francisco Silva, 33, morreu após se afogar e desaparecer na Praia da Ponta Negra, Zona Oeste de Manaus, no começo da tarde deste sábado (10). A informação foi confirmada pela assessoria de comunicação do Corpo de Bombeiros Militar do Amazonas (CBMAM).

Segundo a assessoria, Francisco, que é morador do bairro Colônia Santo Antônio, Zona Norte da capital, estava na praia acompanhado do primo Emerson do Nascimento Sales, 29. Eles estavam consumindo bebida alcoólica e mergulhando no rio Negro.



Por volta de 13h, Emerson notou a ausência de Francisco, mergulhou no rio para procurar o desaparecido, mas não o encontrou e decidiu acionar os guarda-vidas do CBMAM que atuam na área.

Minutos após os guarda-vidas começarem as buscas, Francisco foi encontrado. Após retirá-lo da água, os bombeiros tentaram reanimar o homem, mas, sem resposta, conduziram Francisco ao posto do Serviço de Atendimento Móvel de Urgência (SAMU), onde depois de novas tentativas de reanimação, foi declarado o óbito da vítima.


Mais de Acritica.com

20 Jan
trans_8C3DB8BB-BCF9-43E8-B068-3BED79D3DBF5.JPG

Mutirão retifica nomes e assegura identidade de travestis e transsexuais

20/01/2020 às 20:27

Como o procedimento feito diretamente no cartório não é tão simples (a lista de documentos exigidos é extensa) e nem sempre é barato (custa em média entre R$350 a R$ 400), a ação visa não somente facilitar a vida das pessoas transexuais que desejam alterar o nome e gênero de registro em sua documentação de nascimento, como também vai acompanhar e custear a certidão de tabelionato de protestos


Sobre Portal A Crítica

No Portal A Crítica, você encontra as últimas notícias do Amazonas, colunistas exclusivos, esportes, entretenimento, interior, economia, política, cultura e mais.