Publicidade
Manaus
Manaus

Homem morre ao tentar fugir de bandidos e bala perdida atinge criança de 10 anos na Compensa

Perseguido por assassinos, homem tentou se esconder na primeira casa que encontrou de porta aberta. Bandidos o seguiram, entraram no local e efetuaram disparos, que atingiram a criança e o mataram o homem 09/09/2014 às 17:16
Show 1
Wiltenberg Ferreira dos Santos, 18, era perseguido por assassinos, invadiu casa, mas acabou morto.
VINICIUS LEAL Manaus (AM)

Uma criança de 10 anos, identificada como David Jhowa dos Santos Marques, foi ferida na perna na tarde desta terça-feira (9), em Manaus, por uma bala perdida durante um assassinato no bairro Compensa 2, Zona Oeste da capital. Wiltenberg Ferreira dos Santos, 18, era perseguido por assassinos, invadiu na casa de David para fugir, mas acabou morto.

Dentro da residência de David, à beira do rio e localizada no beco e rua Manaus, Compensa 2, estavam ele, a mãe de 37 anos e mais três irmãos, com idades de 12, 14 e 16 anos. Wiltenberg andava pela ponte de madeira que interliga as casas de rip-rap quando percebeu os assassinos no seu encalço. Ele olhou para trás e empreendeu fuga.

Segundo moradores, Wiltenberg procurou algum lugar para se esconder e entrou na primeira casa que encontrou de porta aberta: a de David. Os bandidos viram o local onde o rapaz havia se escondido e o seguiram.  Eles invadiram a residência efetuando vários disparos de arma de fogo, que atingiram Wiltenberg duas vezes no rosto e uma vez na perna. David também foi atingido na perna.

Em seguida, a dupla de assassinos fugiu sem deixas pistas. Nenhum morador soube informar quem seriam esses homens e nem a procedência de Wiltenberg. O Serviço de Atendimento Móvel de Urgência (Samu) prestou socorro à David, que foi levado ao Serviço de Pronto Atendimento (SPA) Joventina Dias e depois transferido para o Pronto-Socorro da Criança da Zona Oeste.

Segundo a assessoria da Secretaria de Estado de Saúde (Susam), David já entrou em procedimento para passar por cirurgia e retirada do projétil da perna dele. O corpo de Wiltenberg foi recolhido pelo Instituto Médico Legal (IML) e a morte dele deverá ser investigada na Delegacia Especializada em Homicídios e Sequestros (DEHS).

*Com informações do repórter Jhonny Lima

Publicidade
Publicidade