Publicidade
Manaus
Manaus

Homem morre eletrocutado ao fazer manutenção em poste luz durante chuva em Manaus

Operador de caminhão tipo munck fazia retirada de poste de iluminação pública na avenida Grande Circular 2, Zona Norte, quando foi atingido por descarga elétrica. Ele trabalhava para empresa Manaus Luz 13/10/2014 às 15:00
Show 1
Operador fazia manutenção em poste de luz que fica no canteiro central da avenida Grande Circular 2
VINICIUS LEAL Manaus (AM)

O operador de caminhão Wellington Matias Garcia, de 37 anos, morreu após ser atingido por uma descarga elétrica durante chuva na manhã desta segunda (13), em Manaus. Ele era funcionário da empresa Manaus Luz e fazia manutenção em um poste de iluminação pública na avenida Grande Circular 2, na Zona Norte, no momento do incidente.

Após ser eletrocutado, Wellington foi socorrido por outros funcionários da Manaus Luz que trabalhavam com ele e foi levado em carro particular para o Serviço de Pronto Atendimento (SPA) Eliameme Mady, no conjunto Galileia, bairro Monte das Oliveiras, também na Zona Norte. Entretanto, o operador não resistiu e faleceu.

Segundo um engenheiro elétrico da Manaus Luz, que preferiu não se identificar, a vítima operava caminhão do tipo munck para retirar o poste de iluminação na avenida Grande Circular quando foi atingido pela descarga que percorria a rede elétrica. Ainda não se sabe o quanto de energia atingiu o caminhão e o corpo da vítima.

As causas do acidente ainda não foram confirmadas, mas uma análise preliminar sugere que a rede de energia ainda estava “energizada” quando Wellington começou a operar o caminhão e por isso foi eletrocutado. A empresa Manaus Luz, responsável pela iluminação pública na capital, iniciará investigação sobre o caso.

Conforme o engenheiro elétrico da empresa, para iniciar esse tipo de procedimento em que Wellington trabalhava, toda rede de energia normalmente é desligada. Entretanto, é possível que ainda restasse resíduos de carga elétrica, a “carga residual”, na rede de iluminação quanto a vítima começou a retirar o poste.

O corpo da vítima foi recolhido para o Instituto Médico Legal (IML), na Zona Norte da cidade. Conforme a empresa Manaus Luz, a prioridade no momento é prestar atendimento à família de Wellington e aos outros funcionários que trabalhavam com ele.

Publicidade
Publicidade