Publicidade
Manaus
Manaus

Homens são maioria no trânsito, mas mulheres são mais cuidadosas no volante

Os homens representam 71% dos 515 mil condutores habilitados em Manaus, mas mulheres se preparam mais para dirigir 17/01/2015 às 20:31
Show 1
Habilitada há oito anos, Caroline Souza só ‘criou’ coragem de assumir o volante depois de fazer aulas para habilitados. O trauma veio após um acidente
Mariana Lima Manaus (AM)

Os homens são maioria entre os habilitados no Amazonas e representam cerca de 70% entre o total de motoristas. As mulheres, no entanto, são as que mais procuram aulas de direção após tirar a Carteira Nacional de Habilitação (CNH), na intenção de se sentirem mais seguras sozinhas no trânsito. A timidez é apontada como o principal motivo para os homens não procurarem ajuda após receber a carteira de habilitação.

A dona de casa Caroline Souza, 38, possui carteira de motorista há oito anos e nunca dirigiu. O medo de enfrentar o trânsito surgiu após um acidente de carro em 1999. “Eu estava grávida do meu primeiro filho quando sofri o acidente. Eu não estava dirigindo, mas aquilo mexeu muito comigo. Tirei a habilitação seis anos depois, porque precisava me locomover com uma criança pequena, mas nunca consegui dirigir com medo de criar um novo acidente”, contou.

O medo de Caroline é semelhante ao de muitas outras mulheres, segundo o técnico em treinamento para habilitados Mauro Paixão. Ele trabalha em uma rede especializada em atendimento a motoristas habilitados, mas que não conseguem dirigir.

Técnico em treinamento para habilitados Mauro Paixão 


“A maioria do nosso público são mulheres de classe média e de meia-idade que têm medo de dirigir nesse trânsito louco de Manaus. Existem alguns homens que nos procuram também, mas a maioria tem preconceito em procurar esse tipo de ajuda e acaba tendo que encarar o trânsito sozinho, muitas vezes  sem saber como agir em determinadas situações do tráfego”, disse Mauro.

Números

Segundo dados do Departamento Estadual de Trânsito do Amazonas (Detran-AM) até novembro do ano passado 515 mil pessoas receberam permissão para dirigir, só em Manaus. Desse número, 368,5 mil são homens e apenas 146,4 mil são mulheres.

No interior do Estado, a disparidade entre o número de habilitados entre os sexos também é alta. Atualmente 62,9 mil pessoas possuem habilitação para dirigir em uma das cinco categorias previstas pelo Código de Trânsito Brasileiro no Amazonas. Desse número, 49 mil são homens e apenas 13 mil são mulheres.

Após 24 aulas com acompanhamento de psicólogos, Caroline comemora a possibilidade de fazer sozinha suas atividades diárias. “Já tive que alugar casas em condições inferiores ao que eu poderia pagar só pelo comodismo de ter supermercado, escola e pontos de ônibus perto. Hoje já consigo andar no meu carro sozinha e fazer coisas como ir ao supermercado e pegar as crianças na escola com tranquilidade”, disse.

A dona de casa disse que chegou a gastar R$ 400 em um dia com transporte de táxi. “Às vezes não temos como levar criança muito pequena de ônibus e acabávamos gastando um bom dinheiro em táxi. Eu já tinha o carro na garagem e usá-lo trouxe uma boa economia à minha família”, contou.

O instrutor Mauro Paixão ressaltou a necessidade de conhecimento antes de iniciar a direção. “Muitas pessoas precisam de ajuda e têm vergonha. Defendemos um acompanhamento mais detalhado para que as pessoas tenham mais segurança e evitem o caos no trânsito”.


Em números

515 mil pessoas estão habilitadas para dirigir   em Manaus segundo dados do Departamento Nacional De Trânsito (Detran). O número corresponde até novembro de 2014.

368 mil motoristas habilitados pelo Detran em Manaus são homens. O número também é superior na capital do Estado, onde 49,4 mil motoristas são do sexo masculino.

146 mil mulheres possuem habilitação para dirigir em Manaus. No interior do Estado o número é ainda menor, pois apenas 13 mil mulheres têm permissão legal para dirigir.


Saiba mais - Orientações

Conforme determinação do Detran-AM, é necessário que o candidato realize 20h/aulas em uma auto-escola credenciada antes de prestar os exames de habilitação no automóvel. Durante essas horas/aulas, que possuem duração de 50 minutos cada, o instrutor repassará ao aluno informações sobre o painel do carro,  manobras simples como troca e redução de marcha, curvas, estacionamento em baliza e garagem.


Maioria está na faixa de 31 a 40 anos

Pessoas entre 31 e 40 anos lideram o ranking dos habilitados em categoria “B”, destinado à condução de veículos de passeio. Segundo dados do Detran-AM, 90,5 mil pessoas no Amazonas nessa faixa etária estão autorizadas a dirigir esse tipo de veículo.

As pessoas de meia-idade (entre 41 e 50 anos) figuram na segunda lista do ranking de habilitados no Estado, com 68, 2 mil motoristas.

Na categoria “A”, para habilitados na direção de motocicletas, a faixa etária entre 31 e 40 anos também lidera o ranking com 13,9 mil  habilitados.

Em segundo lugar estão os jovens entre 21 e 30 anos, que somam  13,8 mil habilitados para dirigir motocicleta.

Na categoria “AB”, onde estão habilitados para dirigir tanto motocicletas quanto carros de passeio, a faixa etária entre 31 e 40 anos volta a prevalecer, com 44,7 mil habilitados. Seguido das pessoas entre 21 e 30 anos, com 40,5 mil habilitados no Estado.

A faixa etária com menos habilitados em todas as três categorias citadas  anteriormente, segundo os dados do Detran-AM, são os jovens entre 18 e 20 anos e idosos a partir de 60 anos de idade.

Publicidade
Publicidade