Publicidade
Manaus
MOBILIZAÇÃO

Hora do Planeta apaga as luzes da Lagoa do Japiim neste sábado (25)

A celebração, que começa a partir das 18h, é aberta ao público e possui entrada gratuita. As luzes da Lagoa serão apagadas às 20h30 e ficarão assim durante sessenta minutos 23/03/2017 às 14:36 - Atualizado em 23/03/2017 às 15:45
Show hora do planeta
Programação conta ainda com apresentações artísticas e musicais, feira gastronômica, oferta de atividades educativas e comércio de produtos sustentáveis (Foto: Divulgação/Semcom)
Silane Souza Manaus (AM)

A edição 2017 da Hora do Planeta, promovida pela organização ambientalista WWF-Brasil em parceria com a prefeitura, será realizado neste sábado (25), a partir das 18h, no Parque Municipal Senador Arthur Virgílio Filho, antiga Lagoa do Japiim, no bairro de mesmo nome, na Zona Sul de Manaus. A celebração é aberta ao público e possui entrada gratuita. As luzes da Lagoa serão apagadas às 20h30 e ficarão assim durante sessenta minutos como forma de mobilização contra as mudanças climáticas e o aquecimento global.

De acordo com analista de conservação do WWF-Brasil, Jasylene Abreu, a grande diferença em relação à edição de anos anteriores é a presença de uma feira gastronômica. “Isso é algo que nunca conseguimos inserir na programação do evento e colocar dentro do Parque Lagoa Senador Arthur Virgílio Filho”, disse, destacando que a capital amazonense participa da Hora do Planeta desde 2008.

Além disso, conforme ela, haverá ainda apresentações artísticas e musicais, oferta de atividades educativas para crianças, distribuição de mudas, distribuição de material educativo relacionado a mudanças climáticas e comércio de produtos sustentáveis e feitos de produtos reciclados.

Para o secretário municipal de Meio Ambiente e Sustentabilidade (Semmas), Antônio Nelson de Oliveira Junior, o movimento tem um valor simbólico e demonstra a disposição do município em promover uma reflexão sobre o aquecimento global e as formas possíveis de se combater esse fenômeno que já é uma realidade.

Para o diretor-executivo do WWF-Brasil, Mauricio Voivodic, “mais do que um simples apagar de luzes, a Hora do Planeta é um convite para que as pessoas parem por cerca de uma hora e reflitam sobre as nossas ações em relação ao meio ambiente; o que temos feito e o que cada um pode fazer para diminuir o problema?”.

Publicidade
Publicidade