Sexta-feira, 23 de Agosto de 2019
FRANCISCA MENDES

Hospital Francisca Mendes é denunciado por favorecer pacientes em fila para cirurgias

Segundo denúncia, pacientes “com influência” e “contatos” passam na frente de outros na realização de consultas e procedimentos cirúrgicos



1086632.JPG Uma paciente “passada para trás” chegou a perder a perna devido a demora para realização de um procedimento (Foto: Arquivo/Luis Vasconcelos)
21/12/2016 às 16:37

Uma denúncia enviada à reportagem do Portal A Crítica mostrou um esquema de favorecimento de pacientes na ordem de realização de consultas e cirurgias no Hospital Universitário Francisca Mendes, localizado na Zona Norte Manaus. Segundo um denunciante, que preferiu não se identificar, pacientes “com influência” e “contatos” “furam” a fila dos procedimentos, ou seja, passam na frente dos demais.

Em um documento enviado à reportagem, que circulou internamente entre funcionários do Francisca Mendes, um profissional da unidade questiona “com preocupação” a manipulação dos pacientes que aguardavam na fila para procedimentos de arteriografias e angiografias, feitos no coração. “Uns passam na frente dos demais sem que haja critérios técnicos e clínicos, seguindo apenas as redes de influências”, disse.

O denunciante cita também, nominalmente, exemplos de pacientes que, em apenas dois dias, passaram a frente dos outros por interferência de terceiros. “Tínhamos paciente aguardando a mais de 80 dias na fila [...] com a mesma prioridade (gravidade)”, informou. O profissional revelou também ter sofrido assédio moral para que compactuasse com o esquema.

De acordo com o denunciante, o esquema de favorecimento acontece “descaradamente”, já que a ordem da fila de espera é de conhecimento tanto dos pacientes, como dos acompanhantes e do Ministério Público do Estado. “As arteriografias e angioplastias devem ser resolvidas de forma que contemplem a todos igualmente, com justiça e equidade”, escreveu o profissional.

Mais tempo na fila

Com o esquema de favorecimento, segundo o denunciante, os pacientes “passados para trás” acabam esperando mais tempo na fila e, consequentemente, têm seus problemas de saúde agravados. Segundo o funcionário, uma paciente chegou a perder a perna devido a demora para realização de um procedimento cirúrgico. “Até quando ficaremos de olhos cerrados frente a essa situação?”, questionou o profissional. “Pior é quem está na frente da gestão permite que tal fato ocorra”.

Resposta da Susam

Durante dois dias, a reportagem entrou em contato com a assessoria de imprensa da Secretaria de Estado de Saúde (Susam) questionado a pasta e também a direção do Hospital Francisca Mendes se tinham conhecimento do caso, se confirmavam o recebimento de alguma denúncia de favorecimento de pacientes na ordem para cirurgias e quais medidas seriam tomadas sobre o assunto. A Susam não respondeu nenhum dos questionamentos.

A secretaria informou apenas que “o agendamento dos pacientes para realização de exames e consultas está ocorrendo normalmente, através do Sistema de Regulação do Estado do Amazonas (Sisreg), obedecendo a escala de serviços dos profissionais da unidade”. A Susam declarou, por nota, que “disponibiliza as vagas para atendimento das demais unidades da rede pública de saúde” utilizando “os critérios médicos para definição do paciente que será encaminhado para realizar o procedimento”. Conforme a Susam, tais critérios “são seguidos a risca pela equipe do Hospital Francisca Mendes”.

Hospital referência

O Hospital Francisca Mendes é referência para o atendimento e tratamento de doenças cardíacas na rede estadual de saúde. A unidade conta com uma equipe especializada para diagnosticar e tratar as doenças cardiovasculares, tanto em crianças quanto em adultos. A unidade oferta o atendimento ambulatorial e também o cirúrgico. A unidade também oferta atividades extras cujo objetivo é promover a prevenção das doenças cardiovasculares entre a população.

Receba Novidades

* campo obrigatório

Mais de Acritica.com

Sobre Portal A Crítica

No Portal A Crítica, você encontra as últimas notícias do Amazonas, colunistas exclusivos, esportes, entretenimento, interior, economia, política, cultura e mais.