Quarta-feira, 13 de Novembro de 2019
Manaus

Hospital João Lúcio deixa de pagar estagiários desde 2012

Susam alega que problema foi reflexo de um atraso no envio das faturas, e que deve ser sanado na próxima quarta-feira (03)



1.jpg Hospital e Pronto-Socorro João Lúcio deixa de pagar estagiários, segundo denúncias
28/03/2013 às 11:28

Mais de 200 estagiários de ensino superior e médio que trabalham no Hospital e Pronto Socorro (HPS) João Lúcio Pereira Machado, no bairro Coroado, Zona Leste, estão sem receber os seus vencimentos desde o mês de dezembro do ano passado (2012), o que está causando revolta entre os estudantes.

Indignados com a falta de informações por parte da Secretaria de Estado da Saúde (Susam) sobre o problema nos pagamentos, os estagiários pedem ajuda porque enfrentam dificuldades para continuar trabalhando.



De acordo com alguns estagiários que entraram em contato com a reportagem, mas não quiseram ser identificados por temer represálias, existem estudantes em praticamente todos os setores do hospital, como nas áreas da administração e da saúde.

Os estudantes que realizam estágio no hospital passam por uma seleção, feita pelo Instituto Euvaldo Loidi (IEL), vinculado à Federação das Indústrias do Estado do Amazonas (Fieam), mas o pagamento deles é feito pela Susam, órgão ao qual prestam os serviços.

A Susam informou, por meio da assessoria de imprensa, que apenas o pagamento do mês de fevereiro está em atraso devido a um atraso na entrega da fatura de pagamento, à Susam, pelo IEL, o que ocasionou a perda do prazo para dar entrada no processo. No entanto, até a próxima quarta-feira o pagamento dos estagiários será regularizado.


Mais de Acritica.com

Sobre Portal A Crítica

No Portal A Crítica, você encontra as últimas notícias do Amazonas, colunistas exclusivos, esportes, entretenimento, interior, economia, política, cultura e mais.