Publicidade
Manaus
Manaus

Hospital João Lúcio terá R$ 3 milhões em investimento

O Ministério da Saúde já liberou R$ 3 milhões ao hospital, recurso destinado à reforma da unidade de emergência e ampliação das áreas de Politrauma, Neurotrauma, UTI, Reanimação e Clínica Cirúrgica 19/06/2013 às 10:54
Show 1
Fachada do Hospital João Lúcio, em Manaus
Ubirajara Rodrigues/Agência Saúde Manaus, AM

O Hospital e Pronto Socorro Dr. João Lúcio Pereira Machado (HPSJL), em Manaus (AM), passa a integrar o S.O.S Emergências, medida que visa desafogar as grandes urgências do país. O Secretário de Atenção à Saúde, do Ministério da Saúde, Helvécio Magalhães, realizou na manhã desta quarta-feira (19) a primeira visita à unidade, ocasião em que foi assinado - em conjunto com autoridades locais e com a direção do hospital - o termo de compromisso e adesão à estratégia. O Ministério da Saúde já liberou R$ 3 milhões ao hospital, recurso destinado à reforma da unidade de emergência e ampliação das áreas de Politrauma, Neurotrauma, UTI, Reanimação e Clínica Cirúrgica.

Durante a assinatura do termo de adesão da unidade à estratégia, o Secretário de Atenção à Saúde disse que o S.O.S Emergências é um dos programas prioritários do Ministério da Saúde. “Além de repassar os recursos de investimento, acompanhamos todo o processo de melhoria dentro da unidade para qualificar o atendimento à população”, afirmou Helvécio Magalhães. Ele explicou, no entanto, que algumas melhorias podem ser percebidas de imediato e outras a longo prazo.

O S.O.S Emergências foi lançado pela presidenta da República, Dilma Rousseff, e o ministro da Saúde, Alexandre Padilha, em novembro de 2011, como parte da Rede Saúde Toda Hora. Com a inclusão do HPSJL, o S.O.S Emergências já abrange 20 hospitais de grande porte, localizados em 16 capitais: Manaus (AM), Recife (PE), Rio de Janeiro (RJ), Fortaleza (CE), Salvador (BA), Brasília (DF), Belo Horizonte (BH), Goiânia (GO), São Paulo (SP), Porto Alegre (RS), Natal (RN), Aracajú (SE), Curitiba (PR), Cuiabá (MT), Porto Velho (RO) e Maceió (AL), além de Ananindeua (PA). Até 2014, o programa vai alcançar os 40 maiores prontos-socorros brasileiros, abrangendo todos os 26 estados e o Distrito Federal (DF).

Os hospitais selecionados são referências regionais, possuem mais de 100 leitos, tem pronto-socorro e realizam grande número diário de internações e atendimentos ambulatoriais. Os serviços da Rede Saúde Toda Hora englobam o SAMU 192, Unidade de Pronto Atendimento (UPA 24 horas), Salas de Estabilização, serviços da Atenção Básica e Melhor em Casa.

O Hospital e Pronto Socorro Dr. João Lúcio Plano de Ação da Rede de Atenção às Urgências do Estado e Municípios amazonenses. A primeira etapa do plano foi regulamentada em agosto de 2012. De lá para cá, o Ministério da Saúde repassou R$ 950 mil/ano para qualificação de leitos de UTI.

Rede

Para contribuir com o aprimoramento da gestão e qualificação do atendimento aos usuários, foi firmada parceria com os Hospitais de Excelência no Brasil - Sírio Libanês, Albert Einstein, Hospital do Coração (HCor), Samaritano, Alemão Osvaldo Cruz e Moinhos de Vento e com o Instituto Nacional de Traumatologia e Ortopedia (Into). No caso de Manaus, a referência para o HPSJL é o HCor.

A participação se dará por meio de levantamento de necessidade e plano de trabalho individualizado por hospital que poderá utilizar-se da Telesaúde, ferramenta de comunicação à distância que presta teleconsultoria, segunda opinião médica e capacitação à distância, além de outras formas de processos de formação em temas de relevância para a unidade.

Ação

O hospital conta com três salas cirúrgicas e 240 leitos, dos quais 40 para atendimento de urgência e 26 de UTI. A média diária de atendimento na urgência é de 600 pessoas. Por mês, os atendimentos realizados na emergência e no ambulatório chegam a 15 mil. A unidade tem gestão dupla (municipal e estadual) e realizou durante o ano passado 7.978 internações e mais de 1,2 milhão de atendimentos.

Em 2012, o Ministério da Saúde repassou R$ 15,3 milhões para custear esses atendimentos hospitalares. O hospital possui habilitações para UTI Adulto Tipo II; Hospital Tipo II em Urgência; Assistência de Média e Alta Complexidade em Neurologia e Neurocirurgia, e Serviço de Atenção Domiciliar.

Publicidade
Publicidade