Terça-feira, 23 de Abril de 2019
publicidade
IBGE.jpg
publicidade
publicidade

VAGAS TEMPORÁRIAS

IBGE vai contratar 26 mil trabalhadores no Brasil; são 742 vagas no Amazonas

Contratos serão feitos em regime temporário, para a realização do Censo Agropecuário 2017. Maior salário é de R$ 4 mil e editais saem ainda em abril


04/04/2017 às 18:17

O Instituto Brasileiro de Geografia e Estatística (IBGE) deve lançar dois editais ainda neste mês de abril para a contratação de 26.010 pessoas em regime temporário. No Amazonas, serão 742 vagas nas duas seleções, com salários que chegam a R$ 4.000. Os contratados atuarão no Censo Agropecuário 2017.

Das 26.010 vagas em todo país (veja quadro abaixo), 171 exigem nível superior, para o cargo de analista censitário, com salário de R$ 4 mil. No Amazonas, serão abertas três vagas para a função.   As vagas restantes serão para nível médio. Ao todo, serão abertas vagas em pouco mais de 4 mil municípios do país.

No Amazonas, o maior número de vagas é para recenseador - são 547 vagas e o salário é medido por produção.  Os números definitivos serão divulgados nos editais dos dois processos seletivos, cuja publicação está prevista para os dias 10/04 e 24/04/2017, respectivamente.

No primeiro, serão selecionados os analistas censitários, agentes censitários administrativos (R$ 1.500 - 8 vagas no Amazonas), agentes censitários regionais (R$ 2.500 - 14 vagas no Amazonas) e agentes censitários de informática  (R$ 1.700 - 4 vagas no Amazonas).

No segundo edital, serão escolhidos os agentes censitários municipais (R$ 1.900 - 57 vagas no Amazonas), agentes censitários supervisores (R$ 1.600. com 109 vagas no Amazonas) e os recenseadores, que receberão por produção.

Para o primeiro edital, as inscrições irão de 10 de abril a 9 de maio, com as provas acontecendo no dia 2 de julho. O resultado final sai em 10 de agosto e a contratação deve ser efetivada ainda no mesmo mês.

O segundo edital irá inscrever de 24 de abril a 23 de maio, com provas em 16 de julho. O resultado sairá em 31 de agosto e a contratação será feita em setembro.

Censo

Em 1º de outubro de 2017, o IBGE vai iniciar as operações do seu 10º Censo Agropecuário. Ao longo de cinco meses, os recenseadores irão visitar mais de 5 milhões de estabelecimentos agropecuários em todo o país, levantando informações sobre a área, a produção, as características do pessoal ocupado, o emprego de irrigação, o uso de agrotóxicos, entre outros temas. O importante papel da agricultura familiar na produção agropecuária do país será investigado mais uma vez.

Os resultados do Censo Agro 2017 devem começar a ser divulgados pelo IBGE em meados de 2018. O orçamento do Censo Agropecuário de 2017 sofreu um corte de mais de 50%. Diante desta contingência, o corpo técnico do IBGE foi compelido a fazer adaptações como, por exemplo, a redução do número de contratados temporários para essa operação: inicialmente previsto para 82 mil pessoas, esse contingente foi reduzido para 26 mil.

Já a coleta do Censo Agropecuário, prevista para cerca de 90 dias, foi ampliada para cinco meses. A redução do orçamento tornou necessária uma simplificação do questionário inicialmente concebido. O objetivo foi dar mais agilidade à coleta de dados, permitindo que, em média, três estabelecimentos agropecuários sejam visitados pelos recenseadores, a cada dia.

publicidade
publicidade
Setor de serviços do Brasil tem 2ª queda seguida em fevereiro, aponta IBGE
Vendas voltam a cair em fevereiro e varejo fecha 3º mês seguido em queda no Amazonas
publicidade
publicidade
publicidade
publicidade

publicidade
publicidade

Mais de Acritica.com

Sobre Portal A Crítica

No Portal A Crítica, você encontra as últimas notícias do Amazonas, colunistas exclusivos, esportes, entretenimento, interior, economia, política, cultura e mais.