Publicidade
Manaus
Após repercussão

Idoso doente e internado em Santarém reencontra filhos que moram em Manaus

Familiares de Antônio Ferreira da Cruz, 86, foram localizados após publicação da história no dia 1° de novembro no portal A Crítica 09/11/2017 às 19:37
Show idoso 123
Foto: Reprodução/Internet
Silane Souza Manaus (AM)

Um dos filhos e uma neta do aposentado Antônio Ferreira da Cruz, que está internado no Hospital Municipal de Santarém, no Pará,  cujos vizinhos se mobilizaram pela Internet para encontrar seus parentes que vivem em Manaus, viajaram para aquela cidade a fim de acompanhar a situação do idoso. A família disse que não tinha notícias dele e nem de seu paradeiro desde a última vez em que ele esteve na capital amazonense, em 2014.

De acordo com o auxiliar de produção Raimundo Rocha da Cruz, 46, um dos filhos de Antônio, o idoso se separou de sua mãe em 1986 e foi “embora pelo mundo”. Hora estava no Pará, outra no Piauí ou no Maranhão, entre outros estados. Há três anos ele veio a Manaus, encontrou os filhos, fez inclusive alguns exames, por estar adoentado, mas mal os resultados saíram, ele foi embora novamente. Levou os contatos dos filhos, mas não demorou muito para que os filhos não o conseguissem mais o localizar.

Eles nem sabiam se o pai ainda estava vivo, conforme Raimundo. Assim como muitas pessoas, ficaram sabendo de sua situação pelas redes sociais. “Muitas pessoas foram maldosas, nos crucificaram mesmo sem saber de toda a história. Se não fossem a publicação e os compartilhamentos nós sequer iríamos ter conhecimento de onde e nem como ele estava. Nós não abandonamos o nosso pai, jamais faríamos isso. Nossa intenção sempre foi que ele morasse perto de nós, mas ele nunca quis”, afirmou.

Raimundo disse que assim que os irmãos tiveram notícia do pai, um deles, José da Rocha Cruz, viajou junto com sua sobrinha para Santarém. O objetivo é trazer o aposentado para se tratar em Manaus, mas ele não quer vir. “Ele nem queria que a gente soubesse que estava doente”, afirmou. Antônio Ferreira da Cruz chegou a receber alta, mas voltou a ser internado novamente. “Os médicos não disseram se a situação dele é grave. Atualmente seu quadro é estável”, afirmou.

A mobilização para encontrar os familiares do aposentado que vivia sozinho, em Santarém, se iniciou com uma publicação feita pela autônoma Ducarmo Silva, 47, no grupo Comunidade Paraense, no Facebook. Em menos de três dias, o poste teve mais de 2,7 mil reações, 119 comentários e 11,4 mil compartilhamentos.

Ducarmo  disse que compartilhou nas redes sociais os nomes dos filhos do aposentado Antônio Ferreira da Cruz junto com algumas fotos dele doente para que a situação sobre o seu estado de saúde chegasse ao conhecimento de algum familiar e este viesse ao seu auxílio.

DECCI notificou  filhos do idoso

Após a história de Antônio  ser publicada em A CRÍTICA, no dia 1º, o delegado Jander Mafra, titular da Delegacia Especializada em Crimes contra o Idoso (DECCI), localizou dois filhos dele e os notificou para prestarem esclarecimentos.

‘Não houve abandono’

O delegado Jander Mafra queria saber se a família tinha cometido algum crime, como abandono de incapaz, mas isso não foi constatado. “Não houve crime, porém havia a questão social. Mas eles se adiantaram e enviaram um dos irmãos a Santarém para sanar o problema do idoso e dar amparo familiar. A repercussão que  teve foi até bom porque a família soube onde ele estava”, disse.

Publicidade
Publicidade