Publicidade
Manaus
Manaus

Idoso perde controle de direção e faz veículo invadir loja de calçados em shopping de Manaus

Motorista de 74 anos perdeu controle da direção no estacionamento, subiu calçada e quebrou vitrine até adentrar na loja. Por sorte, vítimas tiveram apenas escoriações devido aos estilhaços de vidro 30/09/2014 às 10:50
Show 1
Loja de calçados ficou totalmente destruída por carro desgovernado
VINICIUS LEAL Manaus (AM)

Duas pessoas ficaram feridas após serem atingidas por um veículo desgovernado que invadiu uma loja no Shopping Grande Circular, na avenida Autaz Mirim, Zona Leste de Manaus, na manhã desta segunda-feira (29). O condutor do veículo era um homem de 74 anos que toma remédio controlado, conforme familiares disseram à polícia. O caso será investigado.

Segundo testemunhas, o idoso dirigia o modelo Chevrolet Agile, de cor bege e placas OAK-9792, quando perdeu controle da direção durante manobra no estacionamento do shopping, subiu calçada e quebrou vidraçaria da vitrine até adentrar cerca de 4 metros na loja de calçados Aleni. Um funcionário e uma cliente do local tiveram ferimentos leves.

“Por pouco eu não fui vítima desse acidente. Ele acelerou e ultrapassou aquele bloco de segurança, depois atravessou e invadiu a loja. Ele devia estar entre 40 a 60 Km/h. Parecia cena de filme. Os estilhaços pegaram no rosto de uma cliente e na perna e braço de um funcionário. Era um idoso, que ficou bem nervoso”, disse uma testemunha, funcionário público de 46 anos.

“O gerente não deixou motorista sair e chamou a segurança, mas o idoso disse que estava à disposição. Eu achei que ele tivesse atropelado alguém, porque ele saiu empurrando as prateleiras. Tinha umas oito pessoas lá. A gente até pensou que ele queria se vingar de alguém. Parecia impossível, mas isso poderia ter feito quatro ou mais vítimas fatais”, completou a testemunha.

As duas vítimas que sofreram escoriações receberam socorro do Serviço de Atendimento Móvel de Urgência e foram levadas ao hospital Chapot Prevost. Agentes de trânsito e policiais da 9ª Companhia Interativa Comunitária compareceram ao local para auxílio, bem como peritos da Polícia Civil. Familiares do idoso disseram que darão assistência à loja e às vítimas.

Publicidade
Publicidade