Terça-feira, 25 de Fevereiro de 2020
APÓS SUSTO

Criança tem parte do corpo queimado em incêndio; família fica desabrigada

Três crianças foram resgatadas por populares antes da chegada do Corpo de Bombeiros e uma delas está internada em estado grave. A casa foi demolida e igreja arrecada doações que serão repassadas à família



WhatsApp_Image_2020-01-22_at_17.46.50_A2A4AC2B-1995-446E-B020-DEFB5A5F73A8.jpeg Foto: Winnetou Almeida
23/01/2020 às 07:29

Membros da igreja São Dimas, comunidade da Paróquia São Jorge, na Zona Centro-Oeste de Manaus, estão arrecadando doações para uma família que ficou desabrigada após a casa em que eles viviam ser atingida por um incêndio na tarde da última terça-feira (21). Uma criança, de cinco anos, vítima das chamas, entrou em estado grave no Hospital da Criança, na Zona Oeste. 

As doações serão concentradas na igreja São Dimas com a intenção de ajudar na reconstrução do lugar, além de arrecadar itens de necessidade primária, como mantimentos, roupas, calçados e medicamentos. A família, que está desabrigada, vai ficar hospedada na casa de parentes e amigos durante os próximos dias.



A igreja São Dimas fica localizada na rua Paraíso, no Conjunto Vitória Régia, São Jorge, Zona Oeste. Mais informações podem ser obtidas por meio do telefone 99324-6790.

O coordenador do ato de solidariedade e membro da igreja, Derimar Paz, explica que a família Libório esteve presente na comunidade São Dimas por anos. “Eles praticamente ajudaram a construir nossa estrutura. Essa ação é um vínculo de agradecimento a tudo o que eles fizeram, além do nosso dever cristão, é claro”, ressalta.

Durante o incêndio, três crianças foram resgatadas por populares antes da chegada do Corpo de Bombeiros ao local. As crianças foram socorridas e levadas ao Serviço de Pronto-Atendimento (SPA) do São Raimundo.

De acordo com a Secretaria de Saúde do Estado do Amazonas (Susam), uma das crianças continua em estado grave. As outras duas já receberam alta médica e estão com a família.

A casa atingida pelo fogo foi condenada pela Defesa Civil e o segundo andar da residência foi demolido na manhã de quarta-feira (22). O local foi periciado e um laudo deve apontar as causas do incêndio.

Segundo o dono da residência, Luciano Lima Libório, 38, ele morava no lugar com Leobelis Díaz, 23, e as três crianças – duas meninas de cinco anos e um garoto de sete anos.

Leobelis é mãe das crianças e há um ano mantém um relacionamento com Luciano. A mulher e os filhos são migrantes venezuelanos e estão há cerca de dois anos em Manaus. Conforme informações de uma vizinha da família, que preferiu não se identificar, a mãe das crianças está acompanhando a filha internada no hospital.


Mais de Acritica.com

Sobre Portal A Crítica

No Portal A Crítica, você encontra as últimas notícias do Amazonas, colunistas exclusivos, esportes, entretenimento, interior, economia, política, cultura e mais.