Publicidade
Manaus
SEM MORTES

IML de Manaus fica mais de 24 horas sem nenhum registro de homicídio

A capital que já chegou a ter mais de dez assassinatos em um único final de semana passou as últimas 36 horas sem mortes por violência 04/09/2017 às 10:46 - Atualizado em 04/09/2017 às 11:20
Show show whatsapp image 2017 04 07 at 16.39.33
Foto: Divulgação
Vinicius Leal Manaus (AM)

O Instituto Médico Legal (IML) de Manaus está a mais de 24 horas sem nenhum registro de homicídio. Desde a noite do último sábado (2) até as 9h30 desta segunda-feira (4), ou seja, exatamente 37 horas, nenhuma morte por violência foi registrada na cidade.

A capital que já chegou a ter mais de dez assassinatos em um único final de semana, como aconteceu entre os dias 16 e 18 de junho deste ano, iniciou a semana mais tranquila. Vale lembrar também do “fim de semana sangrento”, quando um número impressionante de 37 pessoas morreu entre os dias 17 e 20 de julho de 2015.

O último assassinato que aconteceu em Manaus vitimou um homem de 28 anos que morreu por tiro de espingarda. Rafael Gomes da Conceição foi executado por volta das 21h30 de sábado (2) quando esta com colegas dele no beco Paraíso, bairro Puraquequara, na Zona Leste da cidade.

De acordo com familiares, Rafael já havia sido preso por tráfico de drogas. Segundo a polícia, ele e os amigos se encontraram com um grupo rival em e via pública e acabou ocorrendo um confronto entre eles. No meio da briga, Rafael acabou alvejado com um tiro de espingarda e morreu no local. Ninguém foi preso.

E é o tráfico de drogas o maior causador de homicídios em Manaus, segundo análises feitas em 2016 pela Secretaria de Segurança Pública do Amazonas (SSP-AM). Segundo o órgão, pelo menos 70% dos assassinatos ocorridos na capital amazonense foram motivados por envolvimento no tráfico de entorpecentes.

Publicidade
Publicidade