Sábado, 24 de Agosto de 2019
Manaus

IML registra 27 mortes em Manaus em cinco dias; oito por armas branca e de fogo

Entre as mortes, um caso curioso: uma lesão por queda da maca no Hospital e Pronto-Socorro João Lúcio, na Zona Leste de Manaus, que levou à morte o aposentado Francisco Vasconcelos de Aguiar, 64. O fato ocorreu por volta das 21h do dia 10



1.jpg As informações são do IML
12/02/2013 às 19:34

Foram registradas, entre a última sexta-feira (08/02) e esta terça-feira de Carnaval, 27 mortes em Manaus, entre elas seis por arma de fogo, duas por arma branca, duas por choque elétrico e uma vítima de acidente de trânsito. As informações são do Instituto Médico Legal (IML). A maioria das mortes ocorreu nas zonas Norte e Leste da capital amazonense.

De sexta-feira para sábado, foram registradas duas mortes por choque elétrico nos bairros Cidade de Deus, Zona Norte, e Braga Mendes, Zona Leste, além de uma morte por queimaduras no bairro Aleixo, Zona Centro-Sul da capital. Outras três mortes por arma de fogo ocorreram nos bairros João Paulo II, Monte Pascoal e Amazonino Mendes nas zonas Norte e Leste, respectivamente.

De sábado para domingo (10/02), ocorreu uma morte por arma de fogo no Zumbi dos Palmares, Zona Leste da cidade e, de domingo para segunda-feira (11/02), três homicídios por arma branca nos bairros Armando Mendes, Jorge Teixeira e Colônia Terra Nova, também nas zonas Leste e Norte.

Já entre segunda e esta terça-feira foram registradas duas mortes por afogamento nos bairros Educando e Puraquequara, ambos na Zona Leste, além de um caso curioso: uma lesão por queda da maca no Hospital e Pronto-Socorro João Lúcio, na Zona Leste de Manaus, que levou à morte o aposentado Francisco Vasconcelos de Aguiar, 64. O fato ocorreu por volta das 21h do dia 10.

Nesta terça-feira, duas adolescentes foram encontradas mortas em diferentes zonas da cidade. Uma delas, de 15 anos, vítima de arma de fogo, no bairro Alvorada, e outra no Centro de Manaus, de apenas 14 anos, com um tiro na cabeça, segundo informações repassadas na manhã de hoje pela assessoria da Polícia Civil. Neste último caso, a polícia estuda a hipótese de suicídio.  

Nos últimos cinco dias o IML também registrou oito mortes por causas naturais, três por outros motivos e uma em Iranduba (a 27 quilômetros de Manaus), na última segunda-feira à noite, na saída da Ponte Rio Negro, fruto de um acidente de trânsito. Em Manacapuru (distante 84 quilômetros da capital ), no mesmo dia, também houve uma morte por arma branca. O acritica.com tentou contato com a Secretaria de Segurança Pública (SSP) obter mais dados estatísticos do período, mas não obteve sucesso.


Receba Novidades

* campo obrigatório

Mais de Acritica.com

Sobre Portal A Crítica

No Portal A Crítica, você encontra as últimas notícias do Amazonas, colunistas exclusivos, esportes, entretenimento, interior, economia, política, cultura e mais.