Quarta-feira, 26 de Junho de 2019
Manaus

Incêndio atinge fábrica de componentes eletrônicos na Zona Centro-Oeste de Manaus

O sinistro atingiu linhas várias linhas de montagens da fábrica e comprometeu a cobertura do prédio



1.jpg Incêndio teve inicio na manhã deste sábado
21/09/2013 às 10:51

Por volta de 5h30 da manhã deste sábado (21) o Corpo de Bombeiros registrou um incêndio em uma fábrica de componentes eletrônicos, localizado na Avenida Senador Raimundo Parente, bairro Alvorada I, Zona Centro-Oeste de Manaus. No momento do sinistro não havia funcionários no local.

De acordo com a assessoria do Corpo de Bombeiros, o fogo atingiu seis linhas de montagens de placas e três linhas de montagens de controle remoto. A cobertura do prédio teve a estrutura danificada após o incêndio.

Procurados pela reportagem, nenhum representante da empresa quis se pronunciar sobre o fato.

Vizinhos

Moradores do condomínio Guaianás I, localizado ao lado da fábrica, reclamam de problemas causados pelas empresas.

A funcionária pública, Tânia Muniz, 43, ressalta que não é a primeira vez que acontecem incêndios nas fábricas que ficam na mesma rua que o condomínio.

“Já enfrentamos vários problemas com essas empresas. São três, uma ao lado da outra e não tem placa de identificação. A gente não sabe oq é produzido lá dentro, mas vários blocos aqui do condomínio já tiveram problemas de rachadura, infiltração, pessoas sofrendo por causa de fumaça que vinha das empresas e etc.”, disse.

Ainda segundo Tânia, essa madrugada vários vizinhos entraram em desespero por conta da fumaça preta do incêndio.

“Nós queremos fazer um apelo as autoridades para que haja uma fiscalização antes de liberar autorização para essas fábricas. Isso serve para que não aconteça futuramente uma tragédia, como por exemplo a da boate Kiss”, finalizou.



Receba Novidades

* campo obrigatório

Mais de Acritica.com

Sobre Portal A Crítica

No Portal A Crítica, você encontra as últimas notícias do Amazonas, colunistas exclusivos, esportes, entretenimento, interior, economia, política, cultura e mais.