Sábado, 17 de Agosto de 2019
Fogo controlado

Incêndio em Pronto-Socorro da Unimed, em Manaus, assusta pacientes e funcionários

“O incêndio já foi controlado. Foi feito a retirada de pacientes da enfermaria e agora estamos fazendo a retirada da fumaça”, disse João Filho, tenente do Corpo de Bombeiros



INCENDIO0333.jpg Três janelas foram quebradas para dissipar a fumaça. Foto: Márcio Silva
03/12/2016 às 13:03

Um princípio de incêndio em uma das salas do centro cirúrgico do Hospital Unimed, no bairro Parque das Laranjeiras, Zona Centro-Sul de Manaus, deixou pacientes e funcionários assustados no final da manhã deste sábado (3). De acordo com o Corpo de Bombeiros, o fogo ocorreu numa parte que funcionava como um pequeno depósito onde havia algodão, papel e alguns tecidos, o que gerou bastante fumaça.

Segundo o major Sulemar Barroso, do Corpo de Bombeiros, a corporação foi acionada por volta de 11h45 e levou nove minutos para chegar ao local. “Quando chegamos verificamos que era um princípio de incêndio apenas. O material combustível atingido pelo fogo influenciou na quantidade de fumaça. Foi feito o controle desse princípio de incêndio em seguida começou a ser feito o trabalho de ventilação do local”, explicou.

O major destacou que a própria brigada de incêndio do hospital ajudou a controlar o princípio de incêndio. “Nós auxiliamos na retirada dos funcionários que estavam tentando fazer o controle, ainda bem que ficaram tentando controlar porque senão poderia ter uma proporção maior. Também ficamos monitorando a situação dos pacientes, se fosse necessário seria feito a retirada deles”.

Barroso disse que ainda é cedo para afirmar as causas do princípio de incêndio, só a perícia da Polícia no local pode determinar o que aconteceu. “Fizemos o controle do incêndio e já começamos o serviço de ventilação para dissipar a fumaça de dentro do hospital para isso precisamos quebrar diversas janelas. Enquanto não acabarmos esse serviço vamos permanecer no local”, destacou.

A diretora geral do Hospital Unimed – Parque das Laranjeiras, Lana Rodrigues, disse que havia em torno de 20 pessoas em todo o centro cirúrgico da unidade. Todas foram evacuadas no momento do princípio de incêndio. “Tínhamos agendado 10 procedimentos cirúrgicos, sete tinham sidos realizados, um estava em realização. Este nós precisamos isolar a sala, porque não dar para parar um procedimento, para terminar a operação (de joelho) sem nenhum prejuízo ao paciente porque a sala ficava distante da outra onde o fogo começou”, explicou.

Conforme ela, as sete pessoas que estavam na recuperação pós-anestésica foram rapidamente evacuadas para outro local do hospital. Não houve feridos e apenas um funcionário (maqueiro) teve problema por inalar muita fumaça. Todas as pessoas que inalaram fumaça receberam atendimento na própria unidade. Os dois pacientes que ainda não tinha passado por cirurgia tiveram o procedimento suspenso.

A diretora geral disse que o centro cirúrgico será isolado até que todos os procedimentos sejam feitos, por isso, as cirurgias eletivas serão suspensas momentaneamente, mas ressaltou que os usuários da Unimed não precisam se preocupar porque as urgências serão atendidas no Hospital e Maternidade Unimed, localizado na avenida Constantino Nery, na Zona Centro-Sul. “O centro cirúrgico de lá á está aposto”, salientou Lana.

 

Receba Novidades

* campo obrigatório

Mais de Acritica.com

Sobre Portal A Crítica

No Portal A Crítica, você encontra as últimas notícias do Amazonas, colunistas exclusivos, esportes, entretenimento, interior, economia, política, cultura e mais.