Publicidade
Manaus
Manaus

Índios fazem protesto reivindicando a saída do titular da Seind e pedindo mudanças

Indígenas cobraram em frente a sede do governo, a saída do atual secretário da Secretaria de Estado para Povos Indígenas 11/06/2015 às 10:11
Show 1
Lideranças indígenas fecharam a avenida Brasil, na zona Oeste, em frente à sede do governo
janaína andrade ---

Cerca de 50 lideranças indígenas bloquearam na manhã de ontem parte da avenida Brasil, em frente à sede do Governo do Estado, reivindicando a saída do titular da Secretaria de Estado para os Povos Indígenas (Seind), Bonifácio José Baniwa.

Os manifestantes carregavam faixas com frases como “O povo indígena acordou! Queremos mudança na Seind, governador!”; “O povo indígena está cansado de esperar e veio para a rua protestar. Mudança já!”; “Governador, mudar para demonstrar respeito agora!”.

As lideranças querem que Raimundo Nonato Pereira Sobrinho, da etnia Waimiri-Atroari, substitua o atual secretário da Seind.

De acordo com o cacique Jair Miranha, hoje não há proximidade entre os povos indígenas e o titular da Seind.

“A nossa vinda aqui é principalmente para cobrar a troca do atual secretário da Seind, pois hoje ele (Bonifácio) não está atendendo aos anseios dos povos indígenas do Amazonas. Hoje a participação dele é muito pequena, e nós queremos um parceiro das lideranças, que esteja focado e direcionado a garantir os nossos direitos. O Governo tem que parar, nos ouvir”disse Miranha.

O líder Elias Maraguá, membro da Coordenação das Organizações Indígenas do Estado do Amazonas (Coipam), destaca que esse é um pleito antigo dos indígenas.

“Essa é uma reivindicação das lideranças indígenas que não vem de hoje, na reforma administrativa do Governo do Estado, quando correu aquela possibilidade da extinsão da Seind, nós pedimos a manutenção da pasta e a troca do Bonifácio da direção da pasta. E hoje já passaram muitos meses, a secretaria foi mantida, que foi uma vitória, mas a má gestão dela permaneceu”, afirma Elias.

A via foi parcialmente liberada pelos manifestantes, após um grupo com quatro representantes das lideranças ser recebido pelo chefe da Casa Civil, Raul Zaidan, às 10h30. A equipe de reportagem não foi autorizada a acompanhar a reunião que ocorreu a portas fechadas.

Após quase 1h30 de reunião, as lideranças indígenas informaram que Zaidan se comprometeu a transmitir a demanda às lideranças para o governador José Melo (Pros), que está em viagem à Brasília.

No final da tarde, a Secretaria de Comunicação do Governo (Secom) informou que numa segunda reunião realizada à tarde entre o chefe da Casa Civil e as lideranças, ficou acertado que na próxima terça-feira, 16, o governador José Melo irá receber os representantes das etnias indígenas para tratar da reivindicação. O horário da reunião ainda não foi definido, de acordo com a Secom.

Sem contato

A reportagem tentou entrar em contato com o titular da Seind, Bonifácio José Baniwa, nos telefones 999xxxx51, 981xxxx79 e 991xxxx67, para comentar o pedido das lideranças indígenas, pela saída dele da pasta, mas não foi atendida.


Publicidade
Publicidade