Publicidade
Manaus
Manaus

Início do final de semana já teve cinco mortes em Manaus

Entre os registros do IML estão assassinatos praticados com armas de fogo e armas branca, além de um acidente de trânsito 12/09/2015 às 12:30
Show 1
A Delegacia Especializada em Homicídios e Sequestros (DEHS) investigará os casos de assassinato
Acritica.com Manaus

O final de semana começou violento em Manaus. Foram cinco mortes de sexta-feira para sábado, entre assassinatos praticados com armas de fogo e armas branca, além de um acidente de trânsito.

O vendedor ambulante Kalyly Kelvenlin Tavares Nunes, 22 anos, solteiro, foi morto a tiros na rua Dr. Machado, próximo ao residencial Prosamim, Centro, Zona Sul.

Conforme informações do Centro Integrado de Operações de Segurança (Ciops), o vendedor estava sentado em um banco quando os suspeitos se aproximaram da vítima já atirando. Testemunhas informaram que os homens estavam em um veículo modelo Prisma de cor prata e placas não identificadas.

Vizinhos informaram à polícia que a vítima era acostumada a praticar furtos pelo local e que também era usuário de drogas. Os motivos para ele ser morto serão investigados, e até agora ninguém foi preso pelo crime.

No bairro Zumbi, Zona Leste, o pedreiro Daygleiton Lima Paixão, levou um tiro na cabeça e faleceu no local. Segundo a Polícia Civil, a vítima estava indo a pé para casa da sua irmã quando foi abordado por quatro motoqueiros divididos em duas motocicletas de características não informadas.

Vitima de arma branca, o vigilante Welington Roberto dos Santos, 33 anos, foi esfaqueado no tórax, socorrido e encaminhado para o Serviço de Pronto Atendimento (SPA) e Policlínica Danilo Corrêa, mas não resistiu aos ferimentos.

No Instituto Médico Legal foram registrados cinco mortes. Os assassinatos deixaram os moradores das localidades assustados e serão investigados pela Delegacia de Homicídios e Sequestros (DEHS). Até o momento ninguém foi preso.

Publicidade
Publicidade