Domingo, 22 de Setembro de 2019
Manaus

Insatisfação do turista com transporte público em Manaus fica em 62,7% em agosto

Na visão dos gerentes e empresários, a maior dificuldade para alavancar o turismo em Manaus é a melhor divulgação do município no Brasil e exterior seguido da ausência de eventos culturais e empresariais, infraestrutura aeroportuária, infraestrutura dos municípios e incentivos fiscais



1.jpg O transporte público (62,7%), a limpeza pública (60,7%), o asfaltamento (49,6%) a diversão noturna (31,8%), e o serviço de telecomunicações (27,2%) foram os serviços que geraram a maior insatisfação por parte dos turistas nacionais
09/10/2013 às 21:11

 O Instituto Fecomércio de Pesquisas Empresariais do Amazonas (IFPEAM) realizou a pesquisa Comportamento do Turismo na Região Metropolitana de Manaus, em parceria com o Sebrae Amazonas, com o objetivo de traçar o perfil do turista que visita a região, e ao mesmo tempo, conhecer suas opiniões sobre os serviços prestados por profissionais e estabelecimentos ligados ao setor.

Na visão dos gerentes e empresários, a maior dificuldade para alavancar o turismo em Manaus é a melhor divulgação do município no Brasil e exterior seguido da ausência de eventos culturais e empresariais, infraestrutura aeroportuária, infraestrutura dos municípios e incentivos fiscais.

Entre as motivações da viagem para o Amazonas se destacam principalmente a procura por atrativos naturais, com destaque para a fauna, flora e passeios. Motivos que também levam os turistas a visitar cidades turísticas como Presidente Figueiredo e Manacapuru.  Durante sua visita, observa-se que a maioria dos turistas nacionais está disposta a gastar entre R$ 2.401,00 e R$ 3.000,00. Já os estrangeiros, a maioria está disposta a gastar acima de U$ 1.757,00.

Na análise do grau de satisfação do turista nacional que visita Manaus, podemos observar que os cinco itens com maior nível de satisfação foram os atrativos naturais (100,0%), hospitalidade manauara (98,3%), atrativos culturais (97,9%), hospedagem (95,7%) e a gastronomia (95,4%).

Em relação ao turista estrangeiro se destacaram os Guias/Monitores (92,7%), a hospedagem (92,5%), a gastronomia (91,8%), hospitalidade Manauara (91,7%) e os atrativos culturais (91,5%). Por outro lado, o transporte público (62,7%), a limpeza pública (60,7%), o asfaltamento (49,6%) a diversão noturna (31,8%), e o serviço de telecomunicações (27,2%) foram os serviços que geraram a maior insatisfação por parte dos turistas nacionais.

 Em relação ao turista estrangeiro, o destaque negativo ficou por conta segurança pública (38,1%), serviço de táxi (38,0%), transporte público (37,0%), telecomunicações (35,8%) e asfaltamento (34,1%). De maneira geral a avaliação de Manaus foi satisfatória tanto na opinião do turista nacional, quanto do turista estrangeiro, com 95,0% e 93,2%, respectivamente.

Na análise da expectativa de retorno a Manaus, a maioria (65,3%) dos turistas nacionais respondeu que certamente voltarão à cidade, assim como a maioria dos turistas estrangeiros (52,8%).



Mais de Acritica.com

Sobre Portal A Crítica

No Portal A Crítica, você encontra as últimas notícias do Amazonas, colunistas exclusivos, esportes, entretenimento, interior, economia, política, cultura e mais.