Publicidade
Manaus
Abandonada

Moradores estão insatisfeitos com abandono de praça no Parque Dez, na Zona Centro-Sul

Local destinado ao lazer nunca recebeu uma reforma desde a inauguração em 2004, esté sujo e sem iluminação 15/07/2016 às 21:06 - Atualizado em 15/07/2016 às 22:49
Show praca do careca
Semulsp informou que vai programar uma limpeza para o local. (Winnetou Almeida)
Kelly Melo Manaus (AM)

Moradores do bairro Parque Dez de Novembro, na Zona Centro-Sul, estão insatisfeitos com a situação de abandono da praça municipal Amaury  Barbosa Saldanha “Careca”, localizada entre as ruas 23 e 25. Além da sujeira que fica no espaço, a praça está sem iluminação e segurança, principalmente durante a noite.

A dona de casa Rose Rocha, 54, disse que o que mais incomoda são os moradores que se alojam no local e muitas das vezes, trabalham como flanelinhas. “A gente estaciona e eles ficam coagindo a gente para pagar o valor que eles querem. Isso nos deixa receosos quanto a questão da nossa segurança”, afirmou ele.

A praça foi inaugurada em 2004, mas de lá para cá, segundo os moradores, não houve nenhum tipo de manutenção. O mato está crescendo, muitas garrafas são jogadas no chão, o lixo acumulado acaba traindo pombos, e a iluminação está precária.

“Essa praça precisa de uma limpeza. A iluminação precisa ser restabelecida porque algumas lâmpadas não funcionam mais e o ideal era que elas fossem substituídas por led. Essa praça é importante para os moradores, mas precisa ser cuidada melhor”, destacou o mecânico Luís Augusto Souza.

Segurança

Na opinião do comerciante Antônio Jefferson Bezerra, 28, um dos principais problemas é a falta de segurança. Segundo ele, no período da noite, é comum ver usuários de droga comercializando o entorpecente no local, no entanto, nenhuma providência é tomada. “Eu deixas as minha filhas sempre trancadas porque ficamos com medo de deixá-las sair. Essa praça era para ser utilizada pelas crianças para brincar, mas dessa forma não tem condições”, afirmou.

De acordo com os policiais militares da 23ª  Companhia Interativa Comunitária (Cicom), frequentemente as viaturas fazem o patrulhamento na praça, no entanto, eles afirmam que os moradores devem sempre denunciar os pontuais e específicos diretamente na Cicom.

Em nota, a Secretaria Municipal de Limpeza Pública (Semulsp) informou que a demanda será encaminhada para o setor operacional da pasta. Nos próximos dias, fiscais da Semulsp irão ao local para organizar uma limpeza na área.

Publicidade
Publicidade