Terça-feira, 15 de Junho de 2021
SUPER MÃES

Instituição de Manaus ajuda mães na luta pelos direitos dos seus filhos

Em meio à pandemia, a 'Super Mães' busca dar suporte para mais de 500 mães em situação de vulnerabilidade social no Amazonas



1902181_C947665C-FCEB-456F-A5C3-05FAA9563FFE.jpg No início, em 2013, eram apenas cinco mães de crianças com deficiência e hoje, o número é maior, atendendo mães de Manaus, Itacoatira e Manacapuru. Foto: Gilson Mello/Freelancer
08/05/2021 às 23:31

Por conta da pandemia da Covid-19, muitas mães ficaram sem sua fonte de renda, se mantendo apenas com doações de alimentos e kits de higiene. Apesar das dificuldades enfrentadas diariamente, a instituição Super Mães procura auxiliar e dar suporte a essas mulheres em situação de vulnerabilidade social no Amazonas, totalizando 531 mães.

Fundada em 2013, a instituição começou com cinco mães de crianças com deficiência, onde o objetivo principal é apoiar umas às outras. Atualmente, atende mães de Manaus, Manacapuru e Itacoatiara, em situação de vulnerabilidade social, que muitas vezes não recebem apoio da figura paterna e dos familiares.

São consideradas ativistas pela causa da Pessoa com Deficiência (PcD), onde lutam constantemente pelos direitos dos seus filhos, sendo mães em sua maioria que sobrevivem apenas de doações e do Benefício de Prestação Continuada (BPC), previsto na Lei Orgânica da Assistência Social (LOAS), no qual garante um salário mínimo por mês à Pessoa com Deficiência de qualquer idade.

A Instituição ainda não reside em um lugar próprio, sua sede é cedida pela Organização da Sociedade Civil (OSC) Super Ação, localizada na Avenida Israel, bairro Jesus Me Deu, 25. Segundo a Vice-presidente, Ana Lucia, o maior sonho das mães é ter um lugar próprio para oferecer atendimentos de saúde adequados aos seus filhos.  

A mãe e Vice-presidente da Instituição Super Mães, Ana Lucia, contou que ter o apoio de outras mães é fundamental, pois somente quem enfrenta as mesmas dificuldades consegue entender. “O grupo Super Mães me ajudou muito, eu não sabia por onde começar e por meio dele aprendi tudo, consigo ter informações sobre laudos, exames e principalmente dos direitos do meu filho. O grupo sempre vai ajudar quem precisa e amparar as mães que estão nessa luta”, completou.

Eventos

Os encontros costumavam ser semanalmente, mas por conta da pandemia passaram a acontecer somente para receber doações. As reuniões sempre eram repletas de alegria, pois era o momento, onde as mães se distraíam, conversavam e realizavam as brincadeiras proporcionadas pela Instituição.

“Fazemos esses encontros para as mães sentirem que elas são seres humanos, pois na maioria das vezes somos consideradas como robôs, que não temos vida social. Então o grupo Super Mães incentiva essas mulheres a se arrumarem, conversarem, se divertirem, brincarem e conhecerem as histórias uma das outras”, disse a Vice-presidente, Ana Lucia.

Ano passado, as Super Mães foram convidadas pela escola de samba, Unidos do Alvorada para desfilarem no carnaval. As mulheres receberam uma homenagem através do enredo por suas lutas diárias.

Os eventos acontecem justamente para mostrar que mesmo em meio tantas dificuldades, as mães não deixam de ser felizes, tem orgulho de seus filhos, amam cuidar e lutar por eles. De acordo com Ana Lucia, na maioria das vezes essas mulheres são validadas como “infeliz” ou que “deixaram de viver por conta de seus filhos”, mas querem mostrar à sociedade o contrário.

“Somos super mães mesmo, que ama, que cuida, que luta e que fala, não os escondemos, temos que mostrar que existe esse mundo e que apesar das limitações dos nossos filhos, somos mães comuns como todas as outras e nunca deixamos de ser feliz, ao contrário, somos muito felizes de fazer parte dessa luta”, informou.

Ajuda necessária

Conforme a responsável pela Instituição, a maior parte das mães assistidas estão enfrentando dificuldades, ficando muitas vezes sem alimento. Informou também, que uma ajuda à outra quando é necessário, porém precisam mais do que isso. Então, disponibilizaram os números (92) 99383-2360 e (92) 99244-5234 para doações.



Repórter de A Crítica

Mais de Acritica.com

Sobre Portal A Crítica

No Portal A Crítica, você encontra as últimas notícias do Amazonas, colunistas exclusivos, esportes, entretenimento, interior, economia, política, cultura e mais.