Quinta-feira, 19 de Setembro de 2019
TRÂNSITO

Interdição da Rua Pará para obras causa transtornos na área

Mesmo com avisos da prefeitura, muita gente diz ter sido pega de surpresa. Rua foi interditada para avanço de obras do Complexo Viário Roberto Campos



fotointerdi__o_4224D947-5961-4DB8-8754-6A9C86925ABF.JPG Foto: Junio Matos/Freelancer
02/09/2019 às 18:35

Desde as 9 horas desta segunda-feira (2) a rua Pará foi interditada no trecho entre as avenidas Constantino Nery e Djalma Batista para o avanço das obras do Complexo Viário Roberto Campos, na Zona Centro-Sul. Mesmo com alguns avisos da prefeitura por meio da mídia, muita gente foi pega de surpresa. O trânsito na área no primeiro dia de interdição foi marcado pela lentidão no fluxo de veículos.

Para a técnica de enfermagem, Socorro Cardoso, o trânsito ficou ainda mais complicado para motoristas e pedestres. ‘’Eles [a prefeitura] deveriam concluir uma parte da obra ao invés de interditar duas vias. Agora, o trânsito, que já era difícil, ficou ainda mais complicado’’, disse ela, que mora nas redondezas.

Pego de surpresa com a interdição, o estudante Luiz Henrique disse que, do percurso que faz diariamente à sua escola, no bairro São Jorge, não recebeu nenhuma orientação a respeito da via fechada. ‘’Tô vendo agora que vão começar essa obra aqui, e olha que eu passo todos os dias a pé por essa área; não recebi nenhuma orientação, nenhum folheto, nada’’, contou.

O pastor de uma igreja evangélica próxima à obra, Júlio César, compartilhou da mesma surpresa. ‘’Se entregaram folhetos orientando moradores e comerciantes da área, não lembro se passaram lá na igreja. Fui pego de surpresa com o início dessa obra. O trânsito que já era complicado, ficou pior’’, apontou.

A gestão de Trânsito da Prefeitura de Manaus informou que foram fixadas placas de orientação de fluxo e de obras no local para instruir condutores. Além do mais, educadores de trânsito e agentes de trânsito estariam fazendo o o monitoramento.  Também ressaltou que, desde o início das obras, nove agentes estão de plantão por turno na obra e adjacências. Quando a equipe de reportagem de A CRÍTICA esteve na rua Pará, na tarde desta segunda (2), havia apenas um agente de trânsito orientando os motoristas.

Desvios

Durante a interdição, quem segue pela Constantino Nery, no sentido Centro/bairro, e precisa acessar a Avenida Djalma Batista ou o bairro Nossa Senhora das Graças, deverá entrar à direita, antes da Rua Pará, na Rua São Geraldo, que ficará em sentido único, seguir pela Rua João Alfredo e, assim, chegar à Rua Pará. Aos motoristas que pretendem evitar a Constantino Nery durante as interdições, as opções são as avenidas Djalma Batista, Maceió, Mário Ypiranga e avenida Brasil, na zona Oeste da capital.

Linhas de ônibus

Três linhas de ônibus tiveram seus itinerários alterados: 318, 407 e 452. As linhas 318 e 407 seguem o itinerário normal até o Terminal de Integração 1. Em seguida acessam a Avenida Senador Álvaro Maia depois a direita na Avenida Joaquim Gonzaga Pinheiro, depois avenida Ayrão e Avenida Djalma Batista.

Por sua vez, a linha 452, faz o itinerário normal até a Rua Ferreira Pen, em seguida a Avenida Senador Álvaro Maia, Avenida Joaquim Gonzaga Pinheiro, Avenida Ayrão e também Avenida Djalma Batista.

Semana da Pátria

Quanto aos desfiles cívico e militar da semana da Pátria, a Avenida Constantino Nery terá interdições pontuais. No dia 5, a avenida fica interditada entre o Viaduto de Flores e Pedro Teixeira apenas no sentido Bairro/Centro.

No dia 7, a interdição será em ambos os sentidos entre a Rua São Geraldo e Viaduto de Flores, como ocorre todos os anos.  O efetivo vai ser aumentado tanto para cobrir as demandas diárias como também para suprir a semana e os desfiles.

News portal1 841523c7 f273 4620 9850 2a115840b1c3
Jornalismo com credibilidade

Mais de Acritica.com

Sobre Portal A Crítica

No Portal A Crítica, você encontra as últimas notícias do Amazonas, colunistas exclusivos, esportes, entretenimento, interior, economia, política, cultura e mais.