Terça-feira, 21 de Maio de 2019
Manaus

Internado há mais de 10 dias em estado grave, caseiro vítima de agressão não resiste e morre

Leone Lopes da Costa - caseiro num terreno na Estrada do Pontão, perto da Vivenda Verde, na Zona Oeste de Manaus  - sumiu após a festa de Ano Novo, onde comemorou a chegada de 2016 na casa de uma amiga. Segundo ela, ele saiu para encontrar amigos num bar e nunca mais foi visto



1.jpg
Rua onde aconteceu o crime
12/01/2016 às 12:10

Internado no Hospital e Pronto-socorro 28 de Agosto desde o Ano Novo, apór ser vítima de agressão física, o caseiro Leone Lopes da Costa, de 30 anos, não resistiu aos ferimentos e morreu no fim da tarde desta segunda-feira (11).

Leone estava internado em estado grave na Unidade de Terapia Intensiva (UTI) desde a virada do ano, após ter sido agredido em um bar localizado na Estrada do Pontão, Vivenda Verde, bairro Tarumã, Zona Oeste de Manaus.

De acordo com a amiga e vizinha dele, a doméstica Cleomara Pereira, 31, Leone estava na casa dela festejando a virada e, após receber uma ligação, saiu para encontrar amigos em um bar nas proximidades.

"Depois desse dia ele sumiu e só ficamos sabendo que ele havia sido agredido e estava internado no hospital depois. Ele era gente boa e todo mundo gostava dele", explicou a amiga.

Ainda segundo ela, o celular dele foi o único objeto que sumiu após o crime. Na Delegacia Especializada em Homicídios e Sequestros (DEHS), a motivação e autoria ainda eram desconhecidas. O caso está sendo investigado.


Mais de Acritica.com

Sobre Portal A Crítica

No Portal A Crítica, você encontra as últimas notícias do Amazonas, colunistas exclusivos, esportes, entretenimento, interior, economia, política, cultura e mais.