Domingo, 21 de Abril de 2019
publicidade
DYcSlJyWkAERioK_D81C1AE8-CE87-42B6-B734-E672A05A5FCB.jpg
publicidade
publicidade

ÁGUA

Fornecimento na Zona Sul começa a ser normalizado após 4 dias de falta de água

Obra da Prefeitura para consertar galeria de drenagem prejudicou abastecimento de água na capital. Águas de Manaus diz que serviço será totalmente restabelecido até esta segunda-feira (18)


17/03/2019 às 19:12

Após a conclusão da intervenção na malha hidráulica afetada pelo rompimento da rede de drenagem da rua Emílio Moreira, os bairros de Cachoeirinha, São Francisco, Raiz e Praça 14 de Janeiro estão com o serviço de água parcialmente restabelecido, conforme nota divulgada neste domingo (17) pela Águas de Manaus. Segundo a concessionária, o abastecimento de água nos quatro bairros será normalizado até a manhã desta segunda-feira (18).

O titular da Secretaria Municipal de Infraestrutura (Seminf), Kelton Aguiar, já havia afirmado que o abastecimento seria normalizado ainda hoje. Um desvio que isolou a malha hidráulica de abastecimento de água da área onde a Prefeitura de Manaus conserta drenagem danificada possibilitou o fornecimento parcial ainda neste domingo.

Os quatro bairros da Zona Sul tiveram o serviço de abastecimento de água suspenso na última quarta-feira (13) como medida de segurança, para que a Prefeitura de Manaus pudesse realizar a manutenção na tubulação de drenagem danificada, que fica a mais de 8 metros de profundidade.

Escolas abastecidas por carros-pipa

Caracterizada como local prioritário, as escolas municipais dos quatro bairros afetados pela obra, eram abastecidas por carros-pipa disponibilizados pela Águas de Manaus. A Secretaria Municipal de Educação (Semed) informou neste domingo (17), por meio de nota, que haverá aula normal em todas as unidades de ensino da rede municipal de ensino nesta segunda-feira (18).

“A falta de abastecimento de água devido ao rompimento da rede de drenagem da Rua Emílio Moreira, bairro Praça 14 de Janeiro, Zona Sul, não afetará às escolas, visto que a Águas de Manaus tem garantido o abastecimento de locais prioritários, como as unidades de ensino, com carros-pipa”, diz o comunicado da Semed.

O Portal A Crítica procurou a assessoria de imprensa da Secretaria de Estado de Educação de Educação e Qualidade de Ensino (Seduc-AM), mas até a publicação desta matéria, ela não se pronunciou sobre a situação das aulas na rede estadual.

publicidade
publicidade
Greve dos professores será marcada por protestos em Manaus nesta segunda (22)
Ex-Flamengo, Junior Baiano fala sobre o atual momento do rubro-negro carioca
publicidade
publicidade
publicidade
publicidade

publicidade
publicidade

Sobre Portal A Crítica

No Portal A Crítica, você encontra as últimas notícias do Amazonas, colunistas exclusivos, esportes, entretenimento, interior, economia, política, cultura e mais.