Publicidade
Manaus
ZONA NORTE

Investigador da Polícia Civil e mais três são presos após roubarem motorista da Uber

O grupo foi preso em flagrante e estava em posse de celulares, dinheiro, objetos e o carro do motorista da Uber de 25 anos de idade 15/05/2018 às 19:12 - Atualizado em 16/05/2018 às 08:28
Show investigador
O investigador da PC Josino Paixão de Albuquerque Tinoco, 58 anos, e o ex-motorista da PC Harison de Souza Alencar, 39, fazem parte do grupo que foi preso em flagrante. Foto: Divulgação
acritica.com Manaus (AM)

Quatro homens, entre eles um investigador da Polícia Civil, foram presos em flagrante na tarde desta terça-feira (15), em Manaus, após roubar um motorista da Uber. Policiais militares da 6ª Companhia Interativa Comunitária (Cicom) efetuaram a prisão do quarteto na rua Francisco Queiroz, no conjunto Manoa, bairro Cidade Nova, Zona Norte de Manaus.

Os presos são Harison de Souza Alencar, 39, que é ex-motorista da Polícia Civil; Edilson Ferreira Lima Júnior, 19; Almir Maquine da Fonseca, 50, e o investigador da PC Josino Paixão de Albuquerque Tinoco, 58 anos.

De acordo com o delegado titular 6º Distrito Integrado de Polícia (DIP), Ricardo Cunha, o grupo foi abordado na rua Francisco Queiroz e estava em posse de celulares, dinheiro, objetos pessoais, além do carro de um motorista da Uber de 25 anos de idade.

Ainda de acordo com a autoridade policial, após abordar o motorista, que estava realizando uma corrida com dois passageiros, ainda não identificados, o quarteto subtraiu os aparelhos celulares e dinheiro dos três homens, além do veículo do motorista.

Após a ação, a vítima seguiu a pé em via pública, momento em que abordou policiais militares que saíram em busca do veículo dela. Ao avistarem o carro, com as mesmas características do que seria da vítima, os PMs fizeram abordagem ao veículo e encontraram os quatro homens com automóvel, além dos demais pertences subtraídos na ação criminosa.

Os quatro foram autuados em flagrante por roubo e, ao término dos procedimentos cabíveis no 6º DIP, eles serão levados para Audiência de Custódia, no Fórum Ministro Henoch da Silva Reis, no bairro São Francisco, Zona Sul de Manaus.  Por ser policial civil do Estado, Josino Paixão de Albuquerque Tinoco, ainda responderá processo administrativo junto à Corregedoria Geral do Sistema de Segurança Pública do Estado do Amazonas (SSP-AM).

Publicidade
Publicidade