Segunda-feira, 03 de Agosto de 2020
GOLPE

Ipaam alerta sobre golpe da ‘liberação de licenças ambientais’ por mensagens

Órgão informa que não envia mensagens sobre licenças ambientais, não pede confirmações por e-mail, SMS ou WhatsApp, não solicita dados ou informações pessoais de forma virtual, e não solicita pré-cadastro para licenças



DIVULGA__O_Ipaam_4BA83794-F829-433B-8BCA-CC984A965604.jpg Foto: Divulgação/Ipaam
07/07/2020 às 15:34

Um novo golpe fraudulento envolvendo licenças ambientais foi identificado pelo Instituto de Proteção Ambiental do Amazonas (Ipaam) durante a quarentena. O ilícito é realizado por pessoas que supostamente se passam por funcionários do órgão e garantem que irão liberar licenças para o empreendimento.

De acordo com o diretor-presidente do Ipaam, Juliano Valente, o instituto, assim como os demais órgãos da administração pública, não possui competência para negociar qualquer tipo de compra e venda.



“Tudo o que o Ipaam faz se dá por processo. Se não há abertura de processo, não tem que haver nenhum tipo negociação, com nenhum servidor, nem com nenhum diretor”, explicou.

Segundo o presidente, o golpe tem ocorrido principalmente por meio de mensagens. “O instituto não envia links por e-mail, SMS ou WhatsApp. Se você receber mensagens desse tipo, desconfie”, alertou.

O órgão informa que não envia mensagens sobre licenças ambientais, não pede confirmações por e-mail, SMS ou WhatsApp, não solicita dados ou informações pessoais de forma virtual, e não solicita pré-cadastro para licenças.

O Ipaam orienta que os empreendedores busquem informações sobre licenças ambientais nos canais oficiais do Ipaam, na internet, nas redes sociais, pelo número (92) 2123-6700, ou diretamente no instituto.

*Com informações da Assessoria de Imprensa

News portal1 841523c7 f273 4620 9850 2a115840b1c3
Jornalismo com credibilidade

Mais de Acritica.com

Sobre Portal A Crítica

No Portal A Crítica, você encontra as últimas notícias do Amazonas, colunistas exclusivos, esportes, entretenimento, interior, economia, política, cultura e mais.