Segunda-feira, 24 de Junho de 2019
Corpo mulher

Irmãos teriam esquartejado tia-avó e a colocado em malas

Uma mala com o corpo de uma mulher foi encontrada neste domingo (22) em Manaus. O crime teria sido cometido por dois irmãos na presença da família, mantida em cárcere. A dupla já era foragida da Justiça



1.jpg Corpo de mulher é encontrado dentro de mala em barranco na zona Oeste de Manaus
23/09/2013 às 20:11

Os irmãos identificados como Adriano de Souza Gomes, 27, e Luciano de Souza Mendes são apontados pela polícia como responsáveis por matar e esquartejar a tia-avó deles, Ceci de Souza Aguiar, 66, na madrugada desse domingo (22) de forma cruel e depois jogar as partes do corpo em duas malas.

O crime aconteceu na casa da família, na Compensa, na Zona Oeste de Manaus, com a presença da mãe e duas irmãs deles que foram mantidas em cárcere privado. Uma das malas com o torso foi deixada em um terreno baldio também na Compensa, que foi encontrada depois por moradores do local. Já a outra, com os membros, ficou escondida sob o assoalho da casa.

Os investigadores da Delegacia Especializada em Crimes e Sequestros (DEHS) ainda estão à procura dos suspeitos. A mãe e as irmãs de Adriano e Luciano prestaram depoimento na delegacia e disseram que não sabem o paradeiro dos dois.


Conforme os depoimentos colhidos, os dois teriam espancado a tia-avó e depois utilizado uma chave de fenda para perfurar o corpo dela. A casa onde ocorreu o assassinato foi trancada pela dupla e a mãe e a irmã disseram que não puderam fazer nada para impedir o crime porque estavam sendo ameaçadas pelos irmãos.

Após Ceci vir a óbito, Adriano e Luciano teriam trancado a mãe e as irmãs em um quarto e levado o corpo da tia-avó para o banheiro, onde foi esquartejado com um terçado e duas facas. Em seguida, eles distribuíram o corpo de Ceci em duas malas.

Casa da irmã

De acordo com a polícia, após se livrarem de uma das malas e escondido a outra, Adriano e Luciano teriam ido até a casa de outra irmã, no bairro Terra Nova, na Zona Norte. Lá, eles confessaram à irmã que teria “cometido uma besteira”, mas sem entrar em detalhes, e teriam ido beber cerveja com ela. Em seguida, se despediram da irmã e não foram mais vistos.

Motivação

Até o momento, a polícia trabalha com o fato de que o principal motivo do crime seria a desconfiança que Luciano e Adriano tinham da tia-avó. Para eles, Ceci foi quem os denunciou à polícia por um homicídio possivelmente cometido por eles em fevereiro de 2013, no bairro Terra Nova 2, na Zona Norte. Na ocasião, a dupla teria assassinado Azenildo dos Santos Rocha, 23, utilizando arma branca.

Adriano já tinha um mandado de prisão em seu nome por um crime de roubo. A polícia continua à procura da dupla e quem puder colaborar com informações sobre o caso deve entrar em contato com a DEHS pelo número (92) 3681-5725. Se comprovado o envolvimento de Adriano e Luciano no crime, eles podem ser autuados por homicídio triplamente qualificado, por motivo fútil, insidioso e cruel.

Receba Novidades

* campo obrigatório

Mais de Acritica.com

Sobre Portal A Crítica

No Portal A Crítica, você encontra as últimas notícias do Amazonas, colunistas exclusivos, esportes, entretenimento, interior, economia, política, cultura e mais.