Publicidade
Manaus
DESAPARECIDAS

Irmãs de 4 e 6 anos desaparecem em Manaus e família acusa ‘babá’ de sequestro

Adolescente de 15 anos contratada pelo pai para cuidar das filhas teria sequestrado as crianças. Quem souber informações das meninas pode ligar para (92) 99514-7632, 99305-2448, 99458-0703 06/05/2018 às 20:57 - Atualizado em 06/05/2018 às 21:01
Show 1525654422826266
Foto: Divulgação
Vinicius Leal Manaus (AM)

Duas irmãs, de 4 e 6 anos de idade, estão desaparecidas em Manaus desde a última quinta-feira (6) e familiares acusam uma adolescente de 15 anos, contratada pelo pai para cuidar das meninas, de ter sequestrado as duas garotas. As vítimas são Ana Clara Nascimento de Moraes, de 4 anos, e Eloíza Vitória Nascimento de Moraes, de 6 anos.

Segundo a tia das meninas, a comerciante Suziane dos Santos Gomes, de 36 anos, as duas garotas moram com o pai, o autônomo Edvan Silva de Moraes, 38, em uma casa na Colônia Santo Antônio, Zona Norte da cidade. Ele teria contratado informalmente o serviço de babá da adolescente para que ele pudesse sair para trabalhar como ambulante no Centro da cidade.

“Ele trabalha no Centro, vende DVD e repara carro. Aí ele encontrou essa menina e trouxe ela para cuidar das crianças. Antes quem cuidava era eu e meu filho, mas eu tenho meu trabalho e meu filho me ajuda”, disse a tia, Suziane. “Ela (adolescente) disse que precisava de dinheiro e que a mãe dela maltratava dela. Aí agora no terceiro dia dela cuidando das crianças aconteceu isso, ela sumiu com as meninas”, disse a tia.

De acordo com a tia, as duas meninas moram com o pai há cerca de três anos, desde a separação dele da mãe das garotas. “A mãe mora no Tarumã. Depois que eles se separaram, as filhas ficaram com ele. Eu nem conheço ela (mãe) direito, só sei que se chama Ana Paula. Aí como ele mora alugado, ele tinha que sair para trabalhar e ganhar o sustento, mas não tinha como quem deixar as filhas”, disse a tia.

Segundo Suziane, desde o desaparecimento o pai está à procura de Ana Clara e Eloíza. “Ele está desesperado, chora o tempo inteiro e não come mais. A mãe veio ontem aqui e está revoltada com ele. Agora ele está na rua, lá pelo Centro com o meu esposo, atrás das filhas. Primeiro disseram que viram a menina com as crianças no porto, depois disseram que as crianças já estavam com outra mulher mais velha, que seria tia dessa adolescente, num supermercado”.

Irresponsabilidade

Segundo a tia das meninas desaparecidas, o pai foi irresponsável em colocar uma pessoa desconhecida dentro de casa para cuidar das filhas dele. “Ele disse que essa menina (adolescente) não é namorada dele, mas eu não sei. Agora como ele põe alguém que ele mal conhece dentro de casa para cuidar de duas crianças nesse mundo que a gente está hoje? Foi muita irresponsabilidade. Ele não tem nem uma fotografia dessa adolescente”, ressaltou a tia.

A comerciante Suziane dos Santos informou que o pai, Edvan, registrou um Boletim de Ocorrência numa delegacia da cidade, mas ela não soube informar qual distrito de polícia. Até o momento, a assessoria de imprensa da Polícia Civil não confirmou o registro do desaparecimento. Quem souber informações das meninas pode ligar para (92) 99514-7632, 99305-2448, 99458-0703.

Publicidade
Publicidade